Início do conteúdo

Sobre o IFRS


(Dados atualizados em fevereiro/2019)

 O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) é uma instituição federal de ensino público e gratuito que se propõe a fornecer ensino humanizado, crítico e cidadão. Oferece cursos gratuitos em 16 municípios do Rio Grande do Sul. São cursos de nível médio (técnicos que podem ser cursados de forma integrada, concomitante e subsequente ao Ensino Médio), superiores (de graduação e pós-graduação) e de extensão.

As unidades do Instituto são: Campus Alvorada, Campus Bento Gonçalves, Campus Canoas, Campus Caxias do Sul, Campus Erechim, Campus Farroupilha, Campus Feliz, Campus Ibirubá, Campus Osório, Campus Porto Alegre, Campus Restinga (Porto Alegre), Campus Rio Grande, Campus Rolante, Campus Sertão, Campus Vacaria, Campus Veranópolis e Campus Viamão. A Reitoria está localizada no município de Bento Gonçalves.

No total, são cerca de 27 mil alunos e 200 opções de cursos (confira aqui). Tem aproximadamente 1.150 professores e 990 técnicos-administrativos.

Conforme dados divulgados em dezembro de 2018, pelo Ministério da Educação (MEC), o IFRS possui conceito 4 (quatro) no Índice Geral de Cursos (IGC), em uma escala crescente que vai até cinco. O indicador refere-se à avaliação do ano de 2017.

A missão da instituição é “Ofertar educação profissional, científica e tecnológica, inclusiva, pública, gratuita e de qualidade, promovendo a formação integral de cidadãos para enfrentar e superar desigualdades sociais, econômicas, culturais e ambientais, garantindo a Indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão e em consonância com potencialidades e vocações territoriais”.

Confira o vídeo institucional do IFRS e o vídeo sobre a pronúncia IFRS

Saiba como estudar no IFRS

 

Inserção Regional

Um dos objetivos dos institutos federais é definir políticas que atentem para as necessidades e as demandas regionais. Nesse sentido, o IFRS apresenta uma das características mais significativas que enriquecem a sua ação: a diversidade. Os campi atuam em áreas distintas como agropecuária, de serviços, área industrial, vitivinicultura, turismo, moda e outras.

 

Esclareça suas dúvidas

O que é um Instituto Federal?

É uma instituição de ensino público (ligada ao governo federal), especializada na oferta de educação profissional e tecnológica, que orienta a oferta de cursos visando ao fortalecimento dos arranjos produtivos, sociais e culturais das localidades onde está instalado. O IFRS oferece cursos de formação inicial continuada (cursos rápidos), cursos técnicos de nível médio, de graduação e de pós-graduação (especialização e mestrado). Seu nome completo é Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS), mas também é chamado pela forma resumida: Instituto Federal do Rio Grande do Sul; ou pela sigla, que é pronunciada letra por letra (I-F-R-S) ou com as duas primeiras letras lidas como palavra e as duas últimas soletradas (If-R-S).

No Rio Grande do Sul, como é a atuação dos Institutos Federais?

No Rio Grande do Sul, atuam três institutos federais: Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS), Instituto Federal Sul-riograndense (IFSul) e Instituto Federal Farroupilha (IFFarroupilha).

Qual a diferença entre um instituto federal e uma universidade pública federal?

Ambos são instituições federais, mas possuem atuação diferente. Uma universidade federal oferece cursos de graduação e pós-graduação. Os institutos federais atuam em diversas modalidades de ensino, desde o médio técnico até a pós-graduação.

Como eu posso estudar no IFRS?

O ingresso varia conforme a modalidade de curso. Para os cursos rápidos, há um processo seletivo simplificado. Para os cursos técnicos concomitantes ou integrados ao ensino médio, é preciso ter ensino fundamental completo e a seleção para ingresso ocorre via processo seletivo próprio (realizado duas vezes ao ano). Para os cursos técnicos subsequentes ao ensino médio, é preciso ter o ensino médio completo e a seleção se dá por processo seletivo próprio (duas vezes ao ano) ou pela nota do Enem. Para os cursos superiores, é necessário ter ensino médio completo e a seleção acontece por processo seletivo próprio (duas vezes ao ano), pela nota do Enem ou pelo Sisu. Os cursos de pós-graduação têm seleções próprias diferenciadas. Confira o Portal de Ingresso.

Como eu posso trabalhar no IFRS?

Como instituição pública, a seleção dos servidores do IFRS ocorre via concurso público. Confira o site de concursos.

 

Fim do conteúdo