Início do conteúdo

Estágios – informações e documentos


CARTA DE APROVAÇÃO DE ESTÁGIO

Para realização de qualquer estágio é necessário que os alunos preencham o formulário Carta de Aprovação de Estágio. Leia o conteúdo abaixo antes de prosseguir até o formulário.

As informações preenchidas dizem respeito ao:

estagiário (CPF, e-mail, telefone, etc.);

concedente do estágio (empresa, escola, órgãos governamentais, entre outros) e neste caso são necessários algumas informações do local de estágio (razão social, CNPJ, representante legal, supervisor do estagiário etc.);

estágio em si (período, horários, auxílio financeiro, transporte e/ou alimentar, bolsas, quais atividades desenvolverá, etc.).

Essas informações serão incorporadas aos demais documentos que compõe o procedimento padrão para autorização de estágios:

  • Termo de Compromisso de Estágio (TCE);
  • Plano de Atividades (PA);
  • Ficha de Avaliação (FA).

Estes documentos serão enviados às partes para assinatura (aluno, local de estágio e IFRS Campus Sertão), preferencialmente digital, e após, devolvidos ao IFRS para serem arquivados.

Para empresas concedentes que utilizem agências integradoras como intermediários (CIEE, IEL, IEGE, ABRH entre outras) é preciso solicitar ao DEX a ficha de avaliação de estágio ao final do período. Este documento é essencial para a realização da defesa de estágio.

Acesse aqui a prévia da Carta de Aprovação de estágio para saber quais informações deverão ser coletadas junto ao concedente de seu estágio.

De posse das informações da concedente de seu estágio, insira-as na Carta de Aprovação Online conforme a sua condição de estudante:

Carta de Aprovação – LICENCIATURAS (ESCOLAS ESTADUAIS)

Carta de Aprovação – TÉCNICOS, BACHARÉIS, TECNÓLOGOS, LICENCIATURAS (ESCOLAS PARTICULARES, MUNICIPAIS, FEDERAIS).

 

No caso dos TÉCNICOS, BACHARÉIS, TECNÓLOGOS, LICENCIATURAS (ESCOLAS PARTICULARES, MUNICIPAIS, FEDERAIS), para melhor compreensão, observe o fluxograma de estágio conforme o caso:

No caso das Licenciaturas em ESCOLAS ESTADUAIS, para melhor compreensão, observe o fluxograma de estágio conforme a CRE de cada região:

 

-> LEGISLAÇÃO SOBRE ESTÁGIOS:

Ata de defesa de estágio cursos técnicos – baseada no anexo X da resolução 24/2013 – Regulamento de Estágio dos Cursos Técnicos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul – Campus Sertão.
Lei nº 11.788, de 25 de setembro de 2008 – Lei dos Estágios.
Instrução Normativa nº  213, de 17 de dezembro de 2019, da Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia – Estabelece orientações sobre a aceitação de estagiários no âmbito da Administração Pública federal direta, autárquica e fundacional.
Organização Didática do IFRS – Resolução nº 046, de 08.05.2015. Alterada pelas Resoluções nº 071, de 25 de outubro de 2016 e nº 086, de 17 de outubro de 2017.
Instrução Normativa PROEX/PROEN/DGP/IFRS nº 01, de 05 de maio de 2020 – Regulamenta as diretrizes e procedimentos para organização e realização de estágio obrigatório e não obrigatório dos estudantes do IFRS, assim como a atuação do IFRS como instituição concedente de estágio.

Resolução 24/2013 – Regulamento de Estágio dos Cursos Técnicos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul – Campus Sertão.

Anexo da IN 001/2021 – Modelo de Termo de Convênio
Modelo de relatório de estagio técnico agropecuária
Orientações para o Estágio Supervisionado

Modelo de Ficha de Avaliação de Estágio

-> DOCUMENTOS SOBRE ESTÁGIOS EM LICENCIATURAS:

TRÂMITE DOCUMENTAL PARA ESTÁGIOS OBRIGATÓRIOS – CURSOS DE LICENCIATURA E FORMAÇÃO PEDAGÓGICA DO IFRS

Instrução Normativa nº 01-2018 – Estágios no âmbito da Secretaria de Estado da Educação – SEDUC

Anexo I – CARTA DE APRESENTAÇÃO – IN 01-2018 – SEDUC

Anexo-III FONO

Última atualização em 27/09/2022

Fim do conteúdo