Início do conteúdo

Departamento de Produção Agropecuária

A este departamento compete dar suporte para todos as UEPPs – Unidades de Ensino, Pesquisa e Produção do Campus, buscando sempre criar mecanismos de articulação permanente entre ensino, produção, pesquisa e extensão para planejar, orientar, acompanhar, controlar e avaliar projetos e programas pedagógico-produtivos, garantindo a efetiva implantação dos currículos dos diversos níveis e modalidade da educação profissional, apresentando alternativas de ensino-aprendizagem que visem a melhoria da propriedade agropecuária, viabilizando-a técnica e economicamente.

Estão ligados ao Departamento de Produção Agropecuária (DPA) as seguintes UEPPs:

UEPP – AGRICULTURA I
Cultivando uma área de aproximadamente 1,8 hectares o Setor de Horticultura, como é mais conhecido, desenvolve os mais diversos projetos na área de hortigranjeiros como: alface, almeirão, beterraba, pepino, couve, repolho, rúcula, temperos verdes, etc., proporcionando produtos frescos e de qualidade para o consumo dos alunos no refeitório, industrialização na agroindústria e comercialização do excedente através do posto de venda. Além da preocupação com a produção, a UEPP possui como objetivos: oportunizar ao aluno a conciliação da teoria com a prática ministrada na disciplina de Olericultura; possibilitar o acompanhamento dos estádios das culturas; conhecer os diversos sistemas de cultivo nas condições de ambiente natural, ambiente protegido (túneis baixo, médio e alto, estufas), bem como o cultivo orgânico; disponibilizar ao aluno condições de uso dos diversos sistemas de produção de mudas de hortaliças e cultivo de hortaliças, como em solo, substratos e hidropônico; além disso, dar suporte para que o aluno possa avaliar a interferência e as medidas de controle de moléstias, plantas daninhas e pragas que se hospedam em hortaliças.

UEPP- AGRICULTURA II
Neste setor,70 ha da área, são utilizados para o desenvolvimento de projetos com culturas anuais como soja, feijão milho grão e milho silagem, sorgo forrageiro, trigo, cevada, centeio, aveia preta, aveia branca, ervilhaca e nabo forrageiro, sendo estas últimas para cobertura de solo. Os projetos desenvolvidos na UEPP têm por objetivo servir de laboratório prático a campo (ensino-aprendizagem), possibilitando aos alunos a vivência e o acompanhamento do manejo e dos tratos culturais no desenvolvimento das culturas. Este setor tem ainda a responsabilidade de produzir a matéria-prima para alimentação animal (milho, soja e resíduos para rações).

UEPP- AGRICULTURA III
Neste setor são desenvolvidos os projetos nas áreas de Fruticultura e Silvicultura (essências florestais) utilizando-se de uma área de aproximadamente 10 hectares onde estão implantados os pomares de citros, pêssego, caqui, maçã, kiwi, amora e, em menor escala, videira e figo. Tais projetos, visam atender as atividades de aulas práticas, bem como fornecer a produção de frutas ao refeitório dos alunos, principalmente aquelas culturas de maior interesse econômico na região de abrangência do IFRS – Campus Sertão. Desta forma, possibilita-se despertar no aluno interesse, habilidades e conhecimentos nas áreas da fruticultura e silvicultura, de maneira a produzir de forma economicamente e ambientalmente correta e socialmente justa. O setor possui ainda, um viveiro de mudas com área de 1.300m², onde são produzidas mudas diversas de espécies nativas, exóticas e frutíferas, em pequena escala, para servir de laboratório didático para aos alunos e também para serem plantadas no próprio Campus. Possui ainda, uma casa de vegetação com 160m² para desenvolvimento de espécies, principalmente, por estaquia.

UEPP- ZOOTECNIA I
Estão ligados a este setor os projetos de Avicultura de Postura, Avicultura de corte, Apicultura e Cunicultura (criação de coelhos). Estas atividades visam possibilitar as atividades práticas aos alunos, ou seja, função didático-pedagógica. Já a produção gerada no desenvolvimento dos projetos, é destinada ao abastecimento do restaurante do Campus, bem como ao posto de vendas.

UEPP- ZOOTECNIA II
Neste setor são desenvolvidas as atividades de Suinocultura, ciclo completo (gestação, maternidade, creche e terminação) em área de 1.038m2 e Ovinocultura (criação de ovelhas) em área de 50.000m2, buscando sempre melhores rendimentos de carcaças, conversão alimentar através de cruzamentos, bem como contribuir para o melhoramento genético da suinocultura e ovinocultura da região através da venda de matrizes e reprodutores à comunidade regional. Os suínos são abatidos na agroindústria do IFRS – Campus Sertão, com finalidade de abastecimento do restaurante interno com carnes e embutidos.

UEPP- ZOOTECNIA III
Este setor compreende o atendimento de rebanhos de bovinos de leite e bovinos de corte (somente com finalidade didática) e animais utilizados para treinamento de inseminadores. Em relação a estrutura física o setor conta com: um Free Stall em alvenaria, composto por sala ambiente, sala de espera, sala de ordenha, local de confinamento dos animais e salas de ração e ferramentas, perfazendo uma área construída de 1.044 m². A produção diária é de aproximadamente 340 litros de leite. Há ainda, a Central de Formação em Inseminação Artificial, em alvenaria, composta por 02 salas de aula, laboratório, banheiro e vestiário, além de local para realização de práticas com animais, com tronco de contenção, balança, mangueira, brete com tronco de contenção e carregador, perfazendo uma área construída de 150 m², onde são realizadas aulas práticas e cursos de inseminação artificial em bovinos. Em relação às áreas ocupadas pelo setor são de aproximadamente 11 ha no verão (pastagens anuais cultivadas e perenes) e 15 ha no inverno (pastagens anuais). Além destas são implantadas áreas para a realização de silagem, sendo em torno de 12 ha de milho e 07 ha de aveia, visando garantir alimentação aos animais, especialmente, em períodos de entressafra ou de condições climáticas adversas que acabam promovendo escassez de pastagens. A produção de leite é destinada ao restaurante interno, sendo pasteurizado e processado na agroindústria do Campus.

Esta UEPP compreende também, o Centro de Equoterapia do Cavalo Crioulo, Programa de Extensão que atende praticantes dos municípios da abrangência do IFRS Campus Sertão. Para essas atividades dispõem-se de estrutura física adequada e em média oito cavalos somente para esta finalidade.

UEPP- PROCESSAMENTO DE PRODUTOS AGROINDUSTRIAIS
Setor responsável pela transformação, processamento e industrialização dos mais diversos produtos produzidos no Campus, tanto de origem animal (queijo, salame, banha, salsichão, torresmo) como de origem vegetal (chimier, geleias, compotas e conservas). Possui em sua estrutura abatedouro para suínos, aves e bovinos, sala de processamento, setor de leite com mini usina completa e setor de vegetais. A estrutura existente é utilizada em atividades de pesquisa, eventos institucionais (minicursos) e aulas-práticas nas disciplinas na área de alimentos, dos cursos técnicos (Agropecuária) e superiores oferecidos pela Instituição. Nas aulas, os alunos têm a oportunidade de aprofundar os conhecimentos teóricos recebidos em sala de aula, acompanhando os processos de industrialização de alimentos, nas unidades de carnes, lácteos, frutas e hortaliças. A estrutura conta com Serviço de Inspeção Municipal (SIM). Os produtos industrializados são destinados ao consumo no restaurante interno do Campus. O excedente eventual é comercializado, internamente, no posto de vendas mantido pela instituição.

UEPP- MECANIZAÇÃO E DE MÁQUINAS E IMPLEMENTOS AGRÍCOLAS
Este setor tem como objetivo, proporcionar ao educando conhecimentos técnicos, teóricos e práticos, através de aulas teóricas e práticas sobre mecanização agrícola, a fim de que os alunos possam conhecer, regular, operar e conservar de maneira racional as máquinas, implementos e equipamentos agrícolas, a fim de aumentar o tempo de vida útil e a sua capacidade de trabalho, diminuindo assim o custo de produção e acima de tudo trabalhar com maior segurança e racionalidade. O setor objetiva ainda, a coordenação, controle e integração dos trabalhos de máquinas e implementos agrícolas com todos os demais setores do Campus, manutenção e recuperação do maquinário e equipamentos pertencentes a outros setores e ainda na medida do possível, prestação de serviços com máquinas e implementos agrícolas para a comunidade escolar.

UEPP – BENEFICIAMENTO E ARMAZENAMENTO DE SEMENTES, GRÃOS E FABRICAÇÃO DE RAÇÃO
Este setor é responsável pelo recebimento, classificação, secagem, processamento e armazenagem do milho produzido no Campus, bem como na elaboração e distribuição de toda a ração consumida e utilizada pelos setores zootécnicos a partir de milho e resíduos produzidos. A Unidade de Beneficiamento é composta por moega, máquina de pré-limpeza, máquina de limpeza, mesa densimétrica, espiral para padronização de semente de soja, e 04 silos secadores com capacidade de armazenamento de 222 toneladas. Na fabricação de rações, são processadas anualmente mais de 250 toneladas de rações, visando atender as áreas de bovinocultura de leite, suinocultura, ovinocultura e avicultura.

UEPP- JARDINAGEM
Este setor é responsável pela implantação e manutenção das áreas de jardins e gramados existentes no Campus. Realiza atividades em mais de 90.000m² de área, entre gramados e jardins bem como de limpeza de mais de 40.000m² de calçadas e calçamentos

Confira imagens das UEPP’s:

Contato: dpa@sertao.ifrs.edu.br | (54) 3345 8083

Última atualização em 21/01/2021

Fim do conteúdo