Pular para o conteúdo
Logo do IF

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul

Início da navegação
IFRSMarca do Instituto Federal do Rio Grande do Sul
 Esconder/Mostrar Menu Fim da navegação
Início do conteúdo

Nova edição do curso de Casqueamento e Ferrageamento em Equinos é realizada no Centro de Equoterapia do Campus


Uma parceria entre o Centro Acadêmico de Zootecnia do Alto Uruguai – CAZAU, o Centro de Equoterapia do Cavalo Crioulo do Campus Sertão e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural SENAR possibilitou a realização de uma nova edição do curso de Casqueamento e Ferrageamento em Equinos no período de 05 a 07 de novembro. Totalmente gratuito, o curso teve carga horária de 24 horas distribuídas entre teoria e prática e foi ministrado pelo Instrutor do SENAR Gerônimo Rodrigues dos Santos. Foram oferecidas 20 vagas destinadas aos estudantes dos cursos do Campus, prioritariamente aos estudantes de Zootecnia e bolsistas do Centro de Equoterapia.

Os participantes tiveram noções sobre as ferramentas utilizadas pelos profissionais, sobre a anatomia básica dos membros locomotores, sobre as posições seguras do trabalho e equilíbrio estático. Todos os conteúdos visam o conforto do animal para a prática da equoterapia.

De acordo vice-presidente do CAZAU Darlan Dirings Cesca, a parceria entre o CAZAU, o Centro de Equoterapia e o SENAR teve êxito e possibilitou tornar o curso  periódico no Campus, com a realização de duas edições anuais, uma no primeiro semestre e outra no segundo. “A cada edição, temos o sentimento de missão cumprida porque cumprimos nosso papel enquanto Centro Acadêmico contribuindo para a formação dos estudantes”, comenta.

Para o participante, estudante de Zootecnia, Matteus Andrighetti Dill, “o curso agrega de várias formas, desde conhecer novas pessoas da área até o aprendizado de uma técnica que até então não era conhecida”. Ainda, conforme Matteus, “o diferencial é que é um curso profissionalizante,  que dá a oportunidade de seguir na função, ou seja, de ganhar dinheiro com isso,  principalmente porque o aluno pode aliar teoria e prática quase que concomitantemente”.

Fim do conteúdo
Início do rodapé Fim do rodapé