Início do conteúdo

Projetos de pesquisa iniciados em 2020


EDITAL IFRS Nº 26/2020 PIBIC/PIBIC-Af/PIBIC-EM/PIBITI/IFRS/CNPq

 

Título: O TIMBRE COMO AFETO NO ROCK INDEPENDENTE BRASILEIRO – Uma abordagem semiótica – fase 2020-2021

Coordenação: Marcelo Bergamin Conter

Bolsistas: Isabel Réus Guilherme Silveira (mês 09/2020), Ligia Maria Lasevicius Perissé (10/2020 a 08/2021), Juliana Henriques Kolmar, Jeferson Luiz Moraes da Costa, Gabriel Fagundes Gularte,Guilherme Amaral Carvalho

Vigência Projeto: 01/09/2020 a 31/08/2021

Resumo: O presente projeto pretende compreender como o timbre, na música, é capaz de comunicar através de processos afetivos. Partimos da definição de Flo Menezes, para quem o timbre não constitui um parâmetro do som, mas consiste antes na resultante dos demais atributos sonoros (a altura, a intensidade e a duração) inter-relacionados entre si’ (2003, p. 199). O afeto, por sua vez, será lido como forças, intensidades, sensações que podem tanto ser potencialidades quanto a ação de um corpo sobre outro. Queremos pensar o timbre do mesmo modo, para além da experiência estética, bem como da ideia de que seja um fenômeno que escapa à significação. Para tanto, também compreendemos o afeto como um signo, tal como proposto por Gilles Deleuze (2007). Assim, podemos encarar relações entre materialidades – humanas e não-humanas – como processos sígnicos. Para verificar esta hipótese, nós observaremos o timbre como afeto na obra de artistas do rock independente brasileiro. A relevância de tal estudo está na proposta de compreensão do timbre através de um modelo comunicacional imanente. Ao invés de compreender o timbre como um transmissor de emoções, aqui ele será apresentado tanto como um acontecimento (o resultado da mistura de corpos) quanto como um corpo transformado (afeto). Surge daí a necessidade de não reduzir o estudo à atualidade do timbre (ao momento em que ele se manifesta), observando, também, a rede sociotécnica que permite que ele se constitua como tal e, além disso, os desdobramentos afetivos gerados nos corpos após a manifestação do timbre.

Título: Relação entre ansiedade, depressão e qualidade de vida em alunos pertencentes ao IFRS Campus Alvorada antes, durante e depois da pandemia do COVID-19

Coordenação: Cristiane Esteves Dalla Costa

Bolsistas: Graziela Bandeira  (09/2020 a 12/2020)  Raiana Costa Botton ( 01/2021 a 08/2021)

Vigência Projeto:  01/09/2020 a 31/08/2021

Resumo: A ansiedade e a depressão são importantes fatores que afetam a qualidade de vida. Diante disso, o presente estudo tem como principal objetivo verificar a relação entre ansiedade, depressão e qualidade de vida em alunos pertencentes ao IFRS Campus Alvorada. Busca-se também verificar a influência desses fatores no desempenho escolar. Trata-se de um estudo quantitativo, descritivo e transversal. A amostra se dará através da técnica de amostragem por conveniência, onde todos os alunos do IFRS Campus Alvorada serão convidados a participar da pesquisa, independente do curso e turno de estudo. Serão utilizados os seguintes instrumentos: ficha de dados sociodemográficos, Critério de Classificação Econômica Brasil (2018), Inventário de depressão de Beck (BDI-II), Inventário de Ansiedade de Beck (BAI), Pil Test e World Health Organization Quality of Life (WHOQOL-BREF). O presente estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa do IFRS e possui autorização do IFRS Campus Alvorada para a sua realização. Todos os participantes maiores de idade deverão assinar o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido e os menores de idade deverão assinar Termo de Assentimento Livre e Esclarecido e seus os pais deverão assinar o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Após, os instrumentos de avaliação serão aplicados em período de aula, na própria sala de aula dos alunos, no IFRS Campus Alvorada, em um único encontro, com duração média de 60 minutos. Espera-se que os resultados desse projeto contribuam para o planejamento de atividades de prevenção e de intervenções mais eficazes.


EDITAL IFRS Nº 27/2020 – PROBIC/PROBITI/IFRS/FAPERGS.

Título: O TIMBRE COMO AFETO NO ROCK INDEPENDENTE BRASILEIRO – Uma abordagem semiótica – fase 2020-2021

Coordenação: Marcelo Bergamin Conter

Bolsistas: Eric Lima Pedott

Vigência Projeto: 01/08/2020 a 31/07/2021

Resumo: O presente projeto pretende compreender como o timbre, na música, é capaz de comunicar através de processos afetivos. Partimos da definição de Flo Menezes, para quem o timbre não constitui um parâmetro do som, mas consiste antes na resultante dos demais atributos sonoros (a altura, a intensidade e a duração) inter-relacionados entre si’ (2003, p. 199). O afeto, por sua vez, será lido como forças, intensidades, sensações que podem tanto ser potencialidades quanto a ação de um corpo sobre outro. Queremos pensar o timbre do mesmo modo, para além da experiência estética, bem como da ideia de que seja um fenômeno que escapa à significação. Para tanto, também compreendemos o afeto como um signo, tal como proposto por Gilles Deleuze (2007). Assim, podemos encarar relações entre materialidades – humanas e não-humanas – como processos sígnicos. Para verificar esta hipótese, nós observaremos o timbre como afeto na obra de artistas do rock independente brasileiro. A relevância de tal estudo está na proposta de compreensão do timbre através de um modelo comunicacional imanente. Ao invés de compreender o timbre como um transmissor de emoções, aqui ele será apresentado tanto como um acontecimento (o resultado da mistura de corpos) quanto como um corpo transformado (afeto). Surge daí a necessidade de não reduzir o estudo à atualidade do timbre (ao momento em que ele se manifesta), observando, também, a rede sociotécnica que permite que ele se constitua como tal e, além disso, os desdobramentos afetivos gerados nos corpos após a manifestação do timbre.

Título: O impacto da pandemia do COVID-19 na ansiedade, depressão e qualidade de vida em alunos pertencentes ao IFRS Campus Alvorada

Coordenação: Cristiane Esteves Dalla Costa

Bolsistas: Lucas Remião Sampaio

Vigência Projeto: 01/08/2020 a 31/07/2021

Resumo: A ansiedade e a depressão são importantes fatores que afetam a qualidade de vida. Diante disso, o presente estudo tem como principal objetivo verificar a relação entre ansiedade, depressão e qualidade de vida em alunos pertencentes ao IFRS Campus Alvorada. Busca-se também verificar a influência desses fatores no desempenho escolar. Trata-se de um estudo quantitativo, descritivo e transversal. A amostra se dará através da técnica de amostragem por conveniência, onde todos os alunos do IFRS Campus Alvorada serão convidados a participar da pesquisa, independente do curso e turno de estudo. Serão utilizados os seguintes instrumentos: ficha de dados sociodemográficos, Critério de Classificação Econômica Brasil (2018), Inventário de depressão de Beck (BDI-II), Inventário de Ansiedade de Beck (BAI), Pil Test e World Health Organization Quality of Life (WHOQOL-BREF). O presente estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa do IFRS e possui autorização do IFRS Campus Alvorada para a sua realização. Todos os participantes maiores de idade deverão assinar o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido e os menores de idade deverão assinar Termo de Assentimento Livre e Esclarecido e seus os pais deverão assinar o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Após, os instrumentos de avaliação serão aplicados em período de aula, na própria sala de aula dos alunos, no IFRS Campus Alvorada, em um único encontro, com duração média de 60 minutos. Espera-se que os resultados desse projeto contribuam para o planejamento de atividades de prevenção e de intervenções mais eficazes.

 


EDITAL IFRS Nº 75/2019 – FLUXO CONTÍNUO – PROJETOS DE PESQUISA E/OU INOVAÇÃO DESENVOLVIDOS POR SERVIDORES DO IFRS EM CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU, PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU OU PÓS- DOUTORADO

 

Título: Hipertensão gestacional: Fatores de personalidade, psicológicos e estratégias de enfrentamento. 

Coordenação: Sabrina Chapuis de Andrade

Vigência Projeto:18/02/2020 a 31/01/2021

 

Resumo: A gestação é considerada um fenômeno fisiológico. Contudo, nesse período ocorrem várias transformações físicas e psicológicas, ocasionando, assim, diversas alterações no organismo e na vida da mulher. O Ministério da Saúde instituiu a Rede Cegonha, em 2011, como estratégia para atenção integral à saúde materno-infantil, a qual oferece suporte aos serviços de saúde, a fim de que se possa disponibilizar cuidado resolutivo durante todo período gestacional e pós-parto. Tal política se justifica, uma vez que há diversas possibilidades de complicação para a saúde da mulher neste período e pela necessidade de preparo dos profissionais para enfrentá-las. Objetivo: Avaliar fatores de personalidade, psicológicos e estratégias de enfrentamento em gestantes com hipertensão arterial na gestação.Metodologia: Estudo transversal e contemporâneo. Serão avaliadas 131 gestantes hipertensas e 131 normotensas que buscam atendimento na emergência obstétrica do Hospital São Lucas da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (HSL-PUCRS) e do Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC).

 

Título: A EJA-EPT e a construção de uma política pública contra-hegemônica

Coordenação: Guilherme Brandt de Oliveira

Vigência Projeto: 23/11/2020 a 05/10/2024

 

Resumo: Os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia no Rio Grande do Sul vêm, neste início de século, ofertando cursos de Educação de Jovens e Adultos integrada à Educação Profissional e Tecnológica (EJA-EPT), que traz consigo propostas curriculares e estruturais contra-hegemônicas de superação da dualidade escolar. Entretanto, há mecanismos internos nestes institutos que têm impacto no trabalho docente e que atuam no sentido da hegemonia capitalista, precisando, assim, ser problematizados visando a construção da contra-hegemônia proposta nos documentos orientadores do EJA-EPT.

 

Título: Lexicografia Pedagógica em Teoria Sentido-Texto: Glossário de Termos para o Curso Técnico em Cuidados de Idosos

Coordenação: Caroline de Castro Pires

Vigência Projeto: 30/04/2020 a 31/08/2021

 

Resumo:O presente trabalho tem como base referencial a Teoria Sentido-Texto (TST), teoria lexical de base semântica conhecida por sua complexidade, mas que faz uso de sua vertente pedagógica (Lexicografia Pedagógica) para desenvolver produtos (dicionários e glossários) que visam à popularização da aprendizagem lexical, tanto no âmbito da língua comum (cf. Polguère, 2007 e Polguère & Mel’čuk,2007), quanto nas linguagens de especialidade (cf. L’Homme, 2013). Tal “popularização” dá-se por meio do uso de Fórmulas de Vulgarização da Descrição Lexicográfica que são utilizadas para facilitar o entendimento da descrição linguística proposta pela TST por parte do grande público, já detentores de certo conhecimento especializado. A partir do exposto, nosso desafio é verificar até que ponto as Fórmulas de Vulgarização propostas são eficazes se considerarmos um público leigo, iniciantes na aprendizagem terminológica. Assim, sabendo que o público desse estudo são estudantes do curso Técnico Integrado ao Ensino Médio na Modalidade PROEJA do IFRS, além do fato de visarmos à descrição lexicográfica da área Cuidados de Idosos via TST, utilizaremos as Fórmulas de Vulgarização propostas para facilitar a compreensão da descrição linguística ofertada pela TST, porém, nosso desafio é verificar a eficiência dessas fórmulas diante de um público tão específico.

 

Título: Psicologia Social, Ecologia e Espiritualidade: analisando o impacto do novo paradigma ecológico na mudança da visão de mundo em estudantes do ensino médio

Coordenação: Maurício Tavares Pereira

Vigência Projeto: 20/06/2020 a 22/07/2022

 

Resumo:Este trabalho busca investigar os impactos da educação ambiental libertadora em alunos do ensino fundamental, com base no trabalho do teólogo e filósofo brasileiro Leonardo Boff – que nas décadas de 1970 e 1980 se tornou um dos principais expoentes da Teologia da Libertação na América Latina – especialmente os escritos da chamada terceira fase do pensamento desse autor, que, a partir dos anos 90, após sua infestação pela Igreja Católica, começou a produzir um extenso trabalho sobre ecologia e sustentabilidade ambiental. Boff assume então um papel eminentemente filosófico, estabelecendo conceitos importantes para a fundação de uma ética de nova planetária e de uma espiritualidade de nova, que segundo Boff só pode ocorrer quando a sociedade industrializada moderna muda do atual paradigma antropocêntrico fundado na razão instrumentista-analítica de natureza mecanicista. , determinista e materialista de hoje, que vê a natureza como um mero objeto de conquista e dominação do homem. Boff chama esse paradigma de um novo paradigma da Cosmologia de Transformação ou de um novo paradigma ecológico. Neste estudo, serão medidos os efeitos das idéias de Boff na “visão de mundo” de estudantes do ensino médio na cidade de Alvorada, Brasil.


EDITAL IFRS nº  04/2020 FLUXO CONTÍNUO – PROJETOS DE PESQUISA E INOVAÇÃO CONTEMPLADOS POR AGÊNCIAS EXTERNAS DE FOMENTO

 

Título: Hipertensão gestacional: Fatores de personalidade, psicológicos e estratégias de enfrentamento. 

Coordenação: Sabrina Chapuis de Andrade

Vigência Projeto:18/02/2020 a 30/01/2021

 

Resumo: A gestação é considerada um fenômeno fisiológico. Contudo, nesse período ocorrem várias transformações físicas e psicológicas, ocasionando, assim, diversas alterações no organismo e na vida da mulher. O Ministério da Saúde instituiu a Rede Cegonha, em 2011, como estratégia para atenção integral à saúde materno-infantil, a qual oferece suporte aos serviços de saúde, a fim de que se possa disponibilizar cuidado resolutivo durante todo período gestacional e pós-parto. Tal política se justifica, uma vez que há diversas possibilidades de complicação para a saúde da mulher neste período e pela necessidade de preparo dos profissionais para enfrentá-las. Objetivo: Avaliar fatores de personalidade, psicológicos e estratégias de enfrentamento em gestantes com hipertensão arterial na gestação. Metodologia: Estudo transversal e contemporâneo. Serão avaliadas 131 gestantes hipertensas e 131 normotensas que buscam atendimento na emergência obstétrica do Hospital São Lucas da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (HSL-PUCRS) e do Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC).


EDITAL IFRS Nº 06/2020 FLUXO CONTÍNUO – PROJETOS DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO

 

Título: Escrita criativa: Personagem – uma construção

Coordenação: Flávia Adriana Andrade

Vigência Projeto: 15/09/2020 a 15/09/2021

 

Resumo: O projeto de pesquisa Oficina de Escrita Criativa – Personagem – uma construção propõe uma investigação teórico-aplicada, na qual se buscará através de conceitos dados pela teoria da literatura compor um guia com tipos, características e processos de construção de personagens, o qual servirá para formatar exercícios de escrita criativa, primeiramente, em caráter experimental, no âmbito do próprio projeto; e após o encerramento deste, em eventos de ensino e extensão voltados à escrita criativa.

 

Título: COM VIDA – Projeto Integrado de Estratégias Territoriais de Promoção e Educação em Saúde.

Coordenação: Flávia Adriana Andrade

Vigência Projeto: 16/10/2020 a 30/09/2022

 

Resumo: A crise sanitária mundial provocada pela Covid-19 explicitou limites nos processos de organizar a vida e a saúde das pessoas e coletividades em escala global. No Brasil, fatores de vulnerabilidade como raça, classe, escolaridade, gênero e origem geográfica acabam por influenciar o perfil epidemiológico da Covid-19 no Brasil. Comunidades fortemente vulneráveis, dificultam a adesão às medidas recomendadas pela Organização Mundial de Saúde. Desta forma, enfrentar a pandemia no contexto brasileiro, demanda pensar alternativas de cuidados de saúde que atentem para a complexidade da vida nos territórios. Nesse sentido, este projeto tem como objetivo compreender e fomentar a participação social e as iniciativas  de produção de saúde e de vida no território, sistematizando-as em uma perspectiva interseccional como educação permanente no enfrentamento à Covid-19, às iniquidades e às violências, intensificadas pela pandemia. Com estudo de abordagem qualitativa por meio de uma pesquisa-intervenção e o uso de metodologias participativas, não sendo possível definir o passo a passo do transcorrido, o que não impede o rigor metodológico, e a apresentação de pistas que nortearam os caminhos desse estudo, aqui denominadas de camadas. A primeira camada se propõe a conhecer o campo; a segunda a verificar as demandas da comunidade naquele território; a terceira a construir respostas; e a quarta a elaborar relatórios, manuscritos e divulgação dos resultados. Ressalta-se ainda que os cuidados éticos adotados para realização desta pesquisa estão pautados nos preceitos éticos descritos da Resolução nº 466 do ano de 2012 do Conselho Nacional de Saúde.


 EDITAL IFRS Nº 64/2019– FOMENTO INTERNO 2020/2021

 

Título: O TIMBRE COMO AFETO NO ROCK INDEPENDENTE BRASILEIRO – Uma abordagem semiótica – fase final (2020-2021).

Coordenação: Marcelo Bergamin Conter

Bolsistas:  Ana Clara Maia Beltrão dos Reis e  Lucas Nucci Macedo

Estudantes Voluntários: Julia de Lana Venhofen e Cristyelen Ambrózio Ferreira  

Vigência Projeto: 01/05/2020 a 30/04/2021

 

 Resumo: O presente projeto pretende compreender como o timbre, na música, é capaz de comunicar através de processos afetivos. Partimos da definição de Flo Menezes, para quem o timbre não constitui um parâmetro do som, mas consiste antes na resultante dos demais atributos sonoros (a altura, a intensidade e a duração) inter-relacionados entre si’ (2003, p. 199). O afeto, por sua vez, será lido como forças, intensidades, sensações que podem tanto ser potencialidades quanto a ação de um corpo sobre outro. Queremos pensar o timbre do mesmo modo, para além da experiência estética, bem como da ideia de que seja um fenômeno que escapa à significação. Para tanto, também compreendemos o afeto como um signo, tal como proposto por Gilles Deleuze (2007). Assim, podemos encarar relações entre materialidades – humanas e não-humanas – como processos sígnicos. Para verificar esta hipótese, nós observamos o timbre como afeto na obra de artistas do rock independente brasileiro. A relevância de tal estudo está na proposta de compreensão do timbre através de um modelo comunicacional imanente. Ao invés de compreender o timbre como um transmissor de emoções, aqui ele será apresentado tanto como um acontecimento (o resultado da mistura de corpos) quanto como um corpo transformado (afeto). Surge daí a necessidade de não reduzir o estudo à atualidade do timbre (ao momento em que ele se manifesta), observando, também, a rede sociotécnica que permite que ele se constitua como tal e, além disso, os desdobramentos afetivos gerados nos corpos após a manifestação do timbre.

 

Título: Controvérsias em torno da formação de um mercado legal de cannabis no Brasil: situação atual e perspectivas.

Coordenação: Getúlio Sangalli Reale

Bolsistas:  Adam Collin Silva da Costa e Rafaela V. Moreira Bitencourt

Vigência Projeto 01/09/2020 a 31/03/2021

 

Resumo: Este projeto objetiva descrever as principais controvérsias em torno da formação de um mercado legal de cannabis (maconha) no Brasil. Serão coletados e analisados dados sobre os principais debates nas ciências e nas mídias jornalísticas. Depois serão realizadas proposições sobre políticas públicas para a formação desse mercado, expostas tendências

para os próximos anos, e ampliado o debate sobre como os mercados afetam a sociedade. Esta pesquisa se justifica pois, em primeiro lugar, esse mercado já está em formação. Em 2014 o Superior Tribunal Federal (STF) tomou decisão favorável à importação de medicamentos derivados da cannabis, e atualmente a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) já oferece serviços para facilitar sua importação. Também já existem empresas de cannabis instaladas no Brasil, e analistas preveem um mercado de R$ 45 bilhões por ano. Nos países que atualmente têm um mercado para o uso recreativo da planta, o primeiro movimento foi a regulação do uso medicinal, indicando uma tendência. Além disso, esse projeto fornecerá dados e reflexões para a formulação de políticas públicas para a regulação desses mercados. Nos EUA, por exemplo, o sistema focado em livre ação empresarial tem implicado na exclusão dos antigos operadores do mercado ilegal, geralmente negros e pobres. Pretendemos com este projeto pensar políticas públicas que forneçam alternativas. Por fim, tramam-se à criminalização/legalização da cannabis questões profundas sobre racismo e classe social, questões médicas, legais, de segurança e saúde pública, entre outras, o que nos permitirá entender mais profundamente as implicações das (trans)formações de mercados para a sociedade.

 

Título: RELAÇÃO ENTRE ANSIEDADE, DEPRESSÃO E QUALIDADE DE VIDA EM ALUNOS PERTENCENTES AO IFRS CAMPUS ALVORADA – FASE 2.

Coordenação:Cristiane Esteves Dalla Costa

Bolsistas:  Robson Gawslinski Cunha e Guilherme de Lima Alves

Vigência Projeto:  01/09/2020 a 31/03/2021

 

Resumo: A ansiedade e a depressão são importantes fatores que afetam a qualidade de vida. Diante disso, o presente estudo tem como principal objetivo verificar a relação entre ansiedade, depressão e qualidade de vida em alunos pertencentes ao IFRS Campus Alvorada. Busca-se também verificar a influência desses fatores no desempenho escolar. Trata-se de um estudo quantitativo, descritivo e transversal. A amostra se dará através da técnica de amostragem por conveniência, onde todos os alunos do IFRS Campus Alvorada serão convidados a participar da pesquisa, independente do curso e turno de estudo. Serão utilizados os seguintes instrumentos: ficha de dados sociodemográficos, Critério de Classificação Econômica Brasil (2018), Inventário de depressão de Beck (BDI-II), Inventário de Ansiedade de Beck (BAI), Pil Test e World Health Organization Quality of Life (WHOQOL-BREF). O presente estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa do IFRS e possui autorização do IFRS Campus Alvorada para a sua realização. Todos os participantes maiores de idade deverão assinar o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido e os menores de idade deverão assinar Termo de Assentimento Livre e Esclarecido e seus os pais deverão assinar o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Após, os instrumentos de avaliação serão aplicados em período de aula, na própria sala de aula dos alunos, no IFRS Campus Alvorada, em um único encontro, com duração média de 60 minutos. Espera-se que os resultados desse projeto contribuam para o planejamento de atividades de prevenção e de intervenções mais eficazes.

Título: Estudo dos Números de Ramsey em Grafos Multipartidos.

Coordenação: Jonas Francisco de Medeiros 

Bolsistas: Lenon Saturino Bernardi e Rafael Rodrigues Pereira

Estudantes Voluntários: Daniel Coswig Zitzke

Vigência Projeto: 01/09/2020 a 31/03/2021

 

Resumo: A proposta deste projeto é, por meio de uma abordagem exploratória, estudar/solucionar problemas do tipo Ramsey em grafos multipartidos. Primeiramente, serão estudados os conceitos básicos de Teoria de Grafos e os problemas clássicos do tipo Ramsey. Através de uma pesquisa bibliográfica aprofundada e, após o estudo e discussão da bibliografia selecionada, serão investigados novos problemas do tipo Ramsey em grafos multipartidos, objetivando encontrar novos limites para os números de Ramsey ainda desconhecidos e buscar novos resultados matemáticos para essa teoria.

Título: Processos Fotográficos Alternativos do Século XIX – Cianotipia.

Coordenação: Daniel Bassan Petry

Bolsistas: Nicoly Cauduro da Silva e Ana Marisa Nogueira Skavinski

Vigência Projeto: 01/09/2020 a 31/03/2021

 

Resumo: Analisar e executar processos alternativos de impressão de imagens datados do século XIX e não usuais na contemporaneidade, desenvolvendo nos discentes o conhecimento sobre estes processos e incentivando a capacidade crítica de questionar a reprodutibilidade técnica desenfreada e a materialidade das imagens no século XXI.


EDITAL IFRS N° 74/2019 – APOIO A PROJETOS PARA IMPLANTAÇÃO E ESTRUTURAÇÃO DE HABITATS DE INOVAÇÃO E EMPREENDEDORISMO.

 

Título: Implantação da Incubadora de Empresas Mistas – IFRS Campus Alvorada

Coordenação: Greice Daniela Back

Bolsistas: Nicole Bechi Robaski 

Vigência Projeto: 01/05/2020 a 28/02/2021

 

Resumo: A proposta da implantação de uma incubadora de regime misto no território de Alvorada, prevê atividades iniciais de pré-incubação, que vem do levantamento do perfil da comunidade e de suas necessidades e demandas, além do aproveitamento e da adaptação aos recursos humanos disponíveis no campus. Esta proposta tem o objetivo de integrar comunidade acadêmica a projetos de cunho prático, voltados aos problemas e realidades locais de Alvorada; Desperta espírito empreendedor da comunidade acadêmica e na comunidade de Alvorada; Atrair e integrar comunidade externa (sociedade civil, organizações e empreendimentos) no meio acadêmico, contribuindo para a articulação entre os potenciais existentes e a criação de networking (rede de colaboração); Integrar conceitos de desenvolvimento social e cidadão com conhecimento técnico.

Em observância ao objetivo de promover a indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão, inserindo os alunos por meio da pedagogia de projetos (MEC , 2016, pág. 29; Moran, 2015; Prado, 2003; Barbosa e Moura, 2013), pretende-se estabelecer uma relação e fomentar ambientes de trocas através de atividades como workshops, círculos, seminários, cursos e oficinas. O objetivo inicial das atividades seria estimular a criatividade e o pensamento empreendedor e o levantamento de demandas de formação. A partir dos resultados das discussões, pretende-se possibilitar a oferta das formações e assessorias identificadas como relevantes.

 

Título: GALERIA ABERTA: ESPAÇO DE CRIAÇÃO, GESTÃO E PRODUÇÃO CULTURAL EM ARTES VISUAIS NO IFRS CAMPUS ALVORADA

Coordenação: Daniel Bassan Petry

Bolsistas: Leilane Correa Dias 

Vigência Projeto: 01/05/2020 a 28/02/2021

 

Resumo: O projeto Galeria Aberta compreende a implantação e estruturação de uma galeria de arte adaptável, como uma incubadora para projetos expositivos de Artes Visuais e mostras temáticas, com ênfase na linguagem da fotografia, no IFRS Campus Alvorada. Articulada aos cursos do Eixo de Produção Cultural e Design ofertados na unidade, a implantação desse habitat de inovação propõe-se como uma plataforma de ações voltadas a atividades práticas, a partir da realização de projetos de criação, fomento e divulgação relacionados a um equipamento cultural. Sua existência configura-se como a criação de um ambiente voltado a práticas educativas criativas de impacto sociocultural em seu contexto de inserção. Como uma galeria “aberta”, tanto pelas suas condições físicas adaptáveis e flexíveis, quanto a sua forma de interação com a comunidade escolar e comunidade externa, sua instalação promoverá o desenvolvimento de um ambiente voltado à realização de projetos de ensino, pesquisa e extensão ligados à produção de projetos expositivos e ao gerenciamento de um espaço cultural, oportunizando a vivência no setor da Economia da Cultura de forma profissionalizada. A necessidade da criação de um habitat de inovação e empreendedorismo associado ao setor cultural na cidade e no campus articula-se à sua própria origem. O Campus Alvorada iniciou suas atividades partir de 2013, de um processo que se consolidou através de audiências públicas envolvendo diversos agentes do campo social, cultural e político da cidade, os rumos do campus se organizaram a partir do interesse de ofertar formações técnicas e profissionalizantes no Eixo de Produção Cultural e Design.


EDITAL IFRS Nº 15/2020 – APOIO A PROJETOS INDISSOCIÁVEIS DE PESQUISA, ENSINO E EXTENSÃO NOS CAMPI DO IFRS.

 

Título: RECICLOTECA: uma proposta educacional sobre resíduos sólidos recicláveis que integra ensino, pesquisa e extensão

Coordenação: Fedra G. O. Q. Kruger

Bolsista: Luisa Schwade Jahn 

Voluntário(a): Janaína de Nardin,  Evellyn Bernardino Rosa

Vigência Projeto: 01/09/2020 a 31/03/2021

 

Resumo: Este projeto foi uma proposta educacional que envolveu o ensino, a pesquisa e a extensão no Curso Técnico de Meio Ambiente do IFRS – Alvorada. O objetivo foi usar a temática dos resíduos sólidos domiciliares para desenvolver atividades de ensino, pesquisa e extensão, visando contribuir na formação profissional e cidadã dos estudantes. Inicialmente foi aplicado um questionário para verificar o nível de entendimento das pessoas e, principalmente, para obter temas norteadores das atividades do projeto, das discussões promovidas nos encontros online e das informações divulgadas nas redes sociais do projeto. Observou-se que 56,6% dos entrevistados acharam que a geração de resíduos em casa aumentou durante o distanciamento social, sendo que os produtos mais citados foram as embalagens (46,6%) de plástico, papel e isopor e restos de alimentos (40%). Também se observou pouco conhecimento sobre o ciclo de vida dos produtos e sobre a economia circular. A avaliação da geração per capita e a composição gravimétrica em um grupo de pessoas mostrou que cerca de 67% dos resíduos gerados pelos participantes foram restos orgânicos. Foi iniciada uma ação em um condomínio residencial de setenta e sete apartamentos com o intuito de sensibilizar os moradores a adotarem práticas de separação dos resíduos domiciliares.

Última atualização em 26/05/2022

Fim do conteúdo