Início do conteúdo

Projetos de pesquisa iniciados em 2019


EDITAL IFRS Nº 24/2019 PIBIC/PIBIC-Af/PIBIC-EM/PIBITI/IFRS/CNPq

 

Título: O TIMBRE COMO AFETO NO ROCK INDEPENDENTE BRASILEIRO – Uma abordagem semiótica – fase 2019-2020
Coordenação: Marcelo Bergamin Conter
Bolsistas: Gabriel Fagundes Gularte – João Gabriel Fernandes Mayer
Vigência Projeto: 01/08/2019 a 01/08/2020

Resumo: O presente projeto pretende compreender como o timbre, na música, é capaz de comunicar através de processos afetivos. Partimos da definição de Flo Menezes, para quem o timbre não constitui um parâmetro do som, mas consiste antes na resultante dos demais atributos sonoros (a altura, a intensidade e a duração) inter-relacionados entre si’ (2003, p. 199). O afeto, por sua vez, será lido como forças, intensidades, sensações que podem tanto ser potencialidades quanto a ação de um corpo sobre outro. Queremos pensar o timbre do mesmo modo, para além da experiência estética, bem como da ideia de que seja um fenômeno que escapa à significação. Para tanto, também compreendemos o afeto como um signo, tal como proposto por Gilles Deleuze (2007). Assim, podemos encarar relações entre materialidades – humanas e não-humanas – como processos sígnicos. Para verificar esta hipótese, nós observaremos o timbre como afeto na obra de artistas do rock independente brasileiro. A relevância de tal estudo está na proposta de compreensão do timbre através de um modelo comunicacional imanente. Ao invés de compreender o timbre como um transmissor de emoções, aqui ele será apresentado tanto como um acontecimento (o resultado da mistura de corpos) quanto como um corpo transformado (afeto). Surge daí a necessidade de não reduzir o estudo à atualidade do timbre (ao momento em que ele se manifesta), observando, também, a rede sociotécnica que permite que ele se constitua como tal e, além disso, os desdobramentos afetivos gerados nos corpos após a manifestação do timbre.

 

Título: Relação entre ansiedade, depressão e qualidade de vida em alunos pertencentes ao IFRS Campus Alvorada
Coordenação: Cristiane Esteves Dalla Costa
Bolsistas: Raira da Silva Fittel, Jeferson Oliveira de Abreu
Vigência Projeto: 01/08/2019 a 01/08/2020

Resumo: A ansiedade e a depressão são importantes fatores que afetam a qualidade de vida. Diante disso, o presente estudo tem como principal objetivo verificar a relação entre ansiedade, depressão e qualidade de vida em alunos pertencentes ao IFRS Campus Alvorada. Busca-se também verificar a influência desses fatores no desempenho escolar. Trata-se de um estudo quantitativo, descritivo e transversal. A amostra se dará através da técnica de amostragem por conveniência, onde todos os alunos do IFRS Campus Alvorada serão convidados a participar da pesquisa, independente do curso e turno de estudo. Serão utilizados os seguintes instrumentos: ficha de dados sociodemográficos, Critério de Classificação Econômica Brasil (2018), Inventário de depressão de Beck (BDI-II), Inventário de Ansiedade de Beck (BAI), Pil Test e World Health Organization Quality of Life (WHOQOL-BREF). O presente estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa do IFRS e possui autorização do IFRS Campus Alvorada para a sua realização. Todos os participantes maiores de idade deverão assinar o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido e os menores de idade deverão assinar Termo de Assentimento Livre e Esclarecido e seus os pais deverão assinar o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Após, os instrumentos de avaliação serão aplicados em período de aula, na própria sala de aula dos alunos, no IFRS Campus Alvorada, em um único encontro, com duração média de 60 minutos. Espera-se que os resultados desse projeto contribuam para o planejamento de atividades de prevenção e de intervenções mais eficazes.

 


 

EDITAL IFRS Nº 25/2019 PROBIC/PROBITI/IFRS/FAPERGS

 

Título: O TIMBRE COMO AFETO NO ROCK INDEPENDENTE BRASILEIRO – Uma abordagem semiótica – fase 2019-2020
Coordenação: Marcelo Bergamin Conter
Bolsistas:  Eric Lima Pedott
Vigência Projeto: 01/08/2019 a 01/08/2020

Resumo: O presente projeto pretende compreender como o timbre, na música, é capaz de comunicar através de processos afetivos. Partimos da definição de Flo Menezes, para quem o timbre não constitui um parâmetro do som, mas consiste antes na resultante dos demais atributos sonoros (a altura, a intensidade e a duração) inter-relacionados entre si’ (2003, p. 199). O afeto, por sua vez, será lido como forças, intensidades, sensações que podem tanto ser potencialidades quanto a ação de um corpo sobre outro. Queremos pensar o timbre do mesmo modo, para além da experiência estética, bem como da ideia de que seja um fenômeno que escapa à significação. Para tanto, também compreendemos o afeto como um signo, tal como proposto por Gilles Deleuze (2007). Assim, podemos encarar relações entre materialidades – humanas e não-humanas – como processos sígnicos. Para verificar esta hipótese, nós observaremos o timbre como afeto na obra de artistas do rock independente brasileiro. A relevância de tal estudo está na proposta de compreensão do timbre através de um modelo comunicacional imanente. Ao invés de compreender o timbre como um transmissor de emoções, aqui ele será apresentado tanto como um acontecimento (o resultado da mistura de corpos) quanto como um corpo transformado (afeto). Surge daí a necessidade de não reduzir o estudo à atualidade do timbre (ao momento em que ele se manifesta), observando, também, a rede sociotécnica que permite que ele se constitua como tal e, além disso, os desdobramentos afetivos gerados nos corpos após a manifestação do timbre.

 


EDITAL IFRS Nº 77/2018 –  FOMENTO INTERNO PARA PROJETOS DE PESQUISA E INOVAÇÃO 2019/2020 e Edital Complementar nº 29/2018 

 

Título: RELAÇÃO ENTRE ANSIEDADE, DEPRESSÃO E QUALIDADE DE VIDA EM ALUNOS PERTENCENTES AO IFRS CAMPUS ALVORADA
Coordenação: Cristiane Esteves Dalla Costa
Bolsistas:  Jordano Schlintwein Pinto e Thaisla Figueiró Sala
Vigência Projeto:  01/05/2019 a 29/02/2020

Resumo: A ansiedade e a depressão são importantes fatores que afetam a qualidade de vida. Diante disso, o presente estudo tem como principal objetivo verificar a relação entre ansiedade, depressão e qualidade de vida em alunos pertencentes ao IFRS Campus Alvorada. Busca-se também verificar a influência desses fatores no desempenho escolar. Trata-se de um estudo quantitativo, descritivo e transversal. A amostra se dará através da técnica de amostragem por conveniência, onde todos os alunos do IFRS Campus Alvorada serão convidados a participar da pesquisa, independente do curso e turno de estudo. Serão utilizados os seguintes instrumentos: ficha de dados sociodemográficos, Critério de Classificação Econômica Brasil (2018), Inventário de depressão de Beck (BDI-II), Inventário de Ansiedade de Beck (BAI), Pil Test e World Health Organization Quality of Life (WHOQOL-BREF). O presente estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa do IFRS e possui autorização do IFRS Campus Alvorada para a sua realização. Todos os participantes maiores de idade deverão assinar o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido e os menores de idade deverão assinar Termo de Assentimento Livre e Esclarecido e seus os pais deverão assinar o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Após, os instrumentos de avaliação serão aplicados em período de aula, na própria sala de aula dos alunos, no IFRS Campus Alvorada, em um único encontro, com duração média de 60 minutos. Espera-se que os resultados desse projeto contribuam para o planejamento de atividades de prevenção e de intervenções mais eficazes.

 

Título: Processos Fotográficos Alternativos
Coordenação: Daniel Bassan Petry
Bolsistas: Nicoly Cauduro da Silva e
Voluntária: Cristyelen Ambrozio Ferreira
Vigência Projeto: 01/05/2019 a 29/02/2020

Resumo: Analisar e executar processos alternativos de impressão de imagens datados do século XIX e não usuais na contemporaneidade, desenvolvendo nos discentes o conhecimento sobre estes processos e incentivando a capacidade crítica de questionar a reprodutibilidade técnica desenfreada e a materialidade das imagens no século XXI.

 

Título: O TIMBRE COMO AFETO NO ROCK INDEPENDENTE BRASILEIRO – Uma abordagem semiótica
Coordenação: Marcelo Bergamin Conter
Bolsistas: Juliana Henriques Kolmar e Henrique Barbosa dos Reis e Eric Lima Pedott (de 05/2019 a 07/2019)
Vigência Projeto: 01/05/2019 a 31/03/2020

Resumo: O presente projeto pretende compreender como o timbre, na música, é capaz de comunicar através de processos afetivos. Partimos da definição de Flo Menezes, para quem o timbre não constitui um parâmetro do som, mas consiste antes na resultante dos demais atributos sonoros (a altura, a intensidade e a duração) inter-relacionados entre si’ (2003, p. 199). O afeto, por sua vez, será lido como forças, intensidades, sensações que podem tanto ser potencialidades quanto a ação de um corpo sobre outro. Queremos pensar o timbre do mesmo modo, para além da experiência estética, bem como da ideia de que seja um fenômeno que escapa à significação. Para tanto, também compreendemos o afeto como um signo, tal como proposto por Gilles Deleuze (2007). Assim, podemos encarar relações entre materialidades – humanas e não-humanas – como processos sígnicos. Para verificar esta hipótese, nós observaremos o timbre como afeto na obra de artistas do rock independente brasileiro. A relevância de tal estudo está na proposta de compreensão do timbre através de um modelo comunicacional imanente. Ao invés de compreender o timbre como um transmissor de emoções, aqui ele será apresentado tanto como um acontecimento (o resultado da mistura de corpos) quanto como um corpo transformado (afeto). Surge daí a necessidade de não reduzir o estudo à atualidade do timbre (ao momento em que ele se manifesta), observando, também, a rede sociotécnica que permite que ele se constitua como tal e, além disso, os desdobramentos afetivos gerados nos corpos após a manifestação do timbre.

 

Título: Análises espectrais das sonoridades do rock independente brasileiro
Coordenação: Marcelo Bergamin Conter
Bolsistas: João Lucas Rios Silva e Jeferson Luiz Moraes da Costa
Vigência Projeto: 30/04/2019 a 29/02/2020

Resumo: Na área da Comunicação no Brasil, há uma rede de pesquisadores que vem desenvolvendo pesquisas sobre gêneros musicais. Há um consenso construído ao longo de anos de que os gêneros se conformam predominantemente por suas sonoridades. Por sonoridade, entende-se, na maior parte das vezes, o conjunto de instrumentos que são mais empregados por determinado gênero: poderíamos dizer que guitarra, baixo e bateria juntos conformam a sonoridade típica do rock. Entendemos que há gêneros musicais em que tal noção não se aplica adequadamente. Geralmente, bandas de rock independente (tratam-se de grupos que estão à margem dos grandes selos) estão mais interessadas em criar sonoridades que lhes são próprias. A presente pesquisa pretende analisar tal fenômeno, recriando em laboratório práticas de modulação sonora de guitarristas, baixistas, tecladistas e vocalistas do rock independente brasileiro, testando instrumentos musicais, técnicas de microfonação, pedais de efeito e técnicas de mixagem e masterização. Os registros serão processados pelo software gratuito Sonic Visualiser, que gera infográficos de parciais harmônicas, linhas melódicas e picos de frequência. Para efeitos de comparação, também gravaremos os instrumentos sem passar por qualquer tipo de modulação sonora, para demonstrar como os moduladores modificam drasticamente a sonoridade destes instrumentos. Como resultado, esperamos reconhecer os processos comunicacionais singulares que são gerados através das sonoridades particulares desenvolvidas no rock independente. Esperamos desenvolver outra noção de sonoridade, uma vez que compreendemos que um dos fundamentos do rock independente é a capacidade de cada banda produzir seu próprio modo de se comunicar através de sonoridades particulares.

 

Título: Pensando exposições: dinâmicas de artes visuais e produção cultural
Coordenação: Sandro Ouriques Cardoso (Daniel Bassan Petry coordenador substituto )
Bolsistas: Laís Tres da Silva e    Leilane Corrêa Dias
Vigência Projeto: 01/05/2019 a 29/02/2020

Resumo: O projeto PENSANDO EXPOSIÇÕES: DINÂMICAS DE ARTES VISUAIS E PRODUÇÃO CULTURAL compreende um conjunto de ações formativas teórico-práticas, elaboradas a partir do desenvolvimento de competências nas áreas de fomento, produção e difusão de exposições artísticas e mostras temáticas no Campus Alvorada. Por meio da realização de exposições, bem como de palestras e oficinas, as atividades do projeto preveem formações teóricas e o desenvolvimento de habilidades e aptidões no campo da curadoria, da expografia e da comunicação de eventos expositivos. Proposto dentro da área de Gestão e Produção Cultural, a proposta apresenta-se como uma plataforma de pesquisa e investigação de meios, suportes e condições voltados à realização de projetos expositivos, envolvendo etapas de organização e planejamento, montagem, elaboração de programação e divulgação. Dirigida à comunidade escolar e aberto ao público geral, o projeto promoverá o desenvolvimento de um ambiente de aprendizagem inter-relacional envolvendo teoria e prática e oportunizando trocas entre distintos públicos de forma profissionalizada, bem como estimula o acesso a bens culturais, à fruição e à experiência estética. A partir da compreensão do campus enquanto equipamento cultural, o projeto se organiza de modo articulado às demandas dos cursos do Eixo Produção Cultural e Design oferecidos na instituição. Com ênfase na linguagem da fotografia e suas experimentações, sua realização busca fomentar a criação de espaços expositivos no campus e promover uma cultura de acesso e valorização da produção discente, docente e de outros agentes do campo artístico local, buscando consolidar-se como um espaço de referência no circuito cultural da cidade.

 


 

EDITAL IFRS Nº 90/2018 FLUXO CONTÍNUO – PROJETOS DE PESQUISA E INOVAÇÃO CONTEMPLADOS POR AGÊNCIAS EXTERNAS DE FOMENTO

 

Título: Hipertensão gestacional: Fatores de personalidade, psicológicos e estratégias de enfrentamento
Coordenação: Sabrina Chapuis de Andrade
Vigência Projeto: 11/01/2019 a 30/12/2019

 Resumo: A gestação é considerada um fenômeno fisiológico. Contudo, nesse período ocorrem várias transformações físicas e psicológicas, ocasionando, assim, diversas alterações no organismo e na vida da mulher. O Ministério da Saúde instituiu a Rede Cegonha, em 2011, como estratégia para atenção integral à saúde materno-infantil, a qual oferece suporte aos serviços de saúde, a fim de que se possa disponibilizar cuidado resolutivo durante todo período gestacional e pós-parto. Tal política se justifica, uma vez que há diversas possibilidades de complicação para a saúde da mulher neste período e pela necessidade de preparo dos profissionais para enfrentá-las. Objetivo: Avaliar fatores de personalidade, psicológicos e estratégias de enfrentamento em gestantes com hipertensão arterial na gestação. Metodologia: Estudo transversal e contemporâneo. Serão avaliadas 131 gestantes hipertensas e 131 normotensas que buscam atendimento na emergência obstétrica do Hospital São Lucas da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (HSL-PUCRS) e do Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC).


EDITAL IFRS Nº 91/2018 FLUXO CONTÍNUO – PROJETOS DE PESQUISA E INOVAÇÃO

 

Título: RELAÇÃO ENTRE ANSIEDADE, DEPRESSÃO E QUALIDADE DE VIDA EM ALUNOS PERTENCENTES AO IFRS CAMPUS ALVORADA
Coordenação: Cristiane Esteves Dalla Costa
Vigência Projeto: 01/05/2019 a 29/02/2020

 Resumo: A ansiedade e a depressão são importantes fatores que afetam a qualidade de vida. Diante disso, o presente estudo tem como principal objetivo verificar a relação entre ansiedade, depressão e qualidade de vida em alunos pertencentes ao IFRS Campus Alvorada. Busca-se também verificar a influência desses fatores no desempenho escolar. Trata-se de um estudo quantitativo, descritivo e transversal. A amostra se dará através da técnica de amostragem por conveniência, onde todos os alunos do IFRS Campus Alvorada serão convidados a participar da pesquisa, independente do curso e turno de estudo. Serão utilizados os seguintes instrumentos: ficha de dados sociodemográficos, Critério de Classificação Econômica Brasil (2018), Inventário de depressão de Beck (BDI-II), Inventário de Ansiedade de Beck (BAI), Pil Test e World Health Organization Quality of Life (WHOQOL-BREF). O presente estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa do IFRS e possui autorização do IFRS Campus Alvorada para a sua realização. Todos os participantes maiores de idade deverão assinar o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido e os menores de idade deverão assinar Termo de Assentimento Livre e Esclarecido e seus os pais deverão assinar o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Após, os instrumentos de avaliação serão aplicados em período de aula, na própria sala de aula dos alunos, no IFRS Campus Alvorada, em um único encontro, com duração média de 60 minutos. Espera-se que os resultados desse projeto contribuam para o planejamento de atividades de prevenção e de intervenções mais eficazes.


EDITAL IFRS Nº 92/2018 FLUXO CONTÍNUO – PROJETOS DE PESQUISA E/OU INOVAÇÃO DESENVOLVIDOS POR SERVIDORES DO IFRS EM CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU, PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU OU PÓS-DOUTORADO

 

Título: Hipertensão gestacional: Fatores de personalidade, psicológicos e estratégias de enfrentamento
Coordenação: Sabrina Chapuis de Andrade
Vigência Projeto: 31/01/2019 a 30/12/2019

 Resumo: A gestação é considerada um fenômeno fisiológico. Contudo, nesse período ocorrem várias transformações físicas e psicológicas, ocasionando, assim, diversas alterações no organismo e na vida da mulher. O Ministério da Saúde instituiu a Rede Cegonha, em 2011, como estratégia para atenção integral à saúde materno-infantil, a qual oferece suporte aos serviços de saúde, a fim de que se possa disponibilizar cuidado resolutivo durante todo período gestacional e pós-parto. Tal política se justifica, uma vez que há diversas possibilidades de complicação para a saúde da mulher neste período e pela necessidade de preparo dos profissionais para enfrentá-las. Objetivo: Avaliar fatores de personalidade, psicológicos e estratégias de enfrentamento em gestantes com hipertensão arterial na gestação. Metodologia: Estudo transversal e contemporâneo. Serão avaliadas 131 gestantes hipertensas e 131 normotensas que buscam atendimento na emergência obstétrica do Hospital São Lucas da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (HSL-PUCRS) e do Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC).

 

Título: Mestrado em Educação – Pesquisa sobre Educação Financeira.
Coordenação: Alaor Ribeiro de Souza
Vigência Projeto: 26/03/2019 a 26/03/2021

Resumo: O Mestrado em Educação tem como área de concentração os Estudos Culturais em Educação. Visa à qualificação de professores e profissionais de diferentes áreas, para examinar a dimensão pedagógica de práticas culturais tais como o ensino, a produção de filmes, a escrita, a leitura, o consumo e o consumismo, atividades escolares e outras práticas culturais. O enfoque teórico-conceitual articula cultura e educação, tomando como campos de investigação os artefatos da cultura, como filmes, jornais e revistas, novas mídias, literatura, as leis, currículos entre outros.

 

Título: Campos Conexos: hibridações entre dinâmicas dos campos da Produção Cultural e das Artes Visuais como elementos partícipes da criação poética na contemporaneidade.
Coordenação Sandro Ouriques Cardoso
Vigência Projeto: 22/03/2019 a 30/12/2020

 Resumo: Este projeto tem como objeto de análise as articulações entre o processo criativo em Artes Visuais e a presença de dinâmicas próprias do campo da Produção Cultural como metodologias partícipes de criação e instauração da obra de arte e como modos de interação artista-campo na contemporaneidade. Pretende, a partir da realização de obras artísticas sob o procedimento da apropriação (objeto e instalação), refletir e problematizar sobre esses modos de interação intercampo.

 

Título: Em primeira pessoa: análise de experiências de participação cidadã nas políticas de Saúde Mental no Brasil e Catalunha.
Coordenação: Márcia Fernanda de Mello Mendes
Vigência Projeto: 02/05/2019 a 10/05/2021

 Resumo: Este trabajo estudia como la participación en primera persona influí en la política de salud mental no Brasil y en la Cataluña. Los movimientos sociales fueron fundamentales para la creación de nuevas leyes, en contraposición al modelo hegemônico psiquiátrico y por el cambio de paradigma en la salud mental. Profesionales, personas con diagnóstico y familiares organizados a través de colectivos, cuestionan los modelos de exclusión y negación de la ciudadanía. En este trabajo elijo Brasil y Cataluña como territorios de análisis para investigar cómo los movimientos sociales y el activismo en primera persona influencian la construcción e implantación de las políticas de salud mental. Como metodología utilizo el método etnográfico, a través de la observación participante en la Federación Catalana de Entidades de Salud Mental en Primera Persona (Veus), haciendo una comparación con el Controle Social en Brasil. Son herramientas metodológicas la observación participante y diario de campo, registros visuales, entrevistas en profundidad, encuestas, análisis de documentos y medios de comunicación (periódicos, Facebook, páginas web, programas televisivos). La Federación Veus fue fundada en 2014, es una organización en Cataluña que reúne la red asociativa de personas con experiencia en salud mental, busca fortalecer el movimiento asociativo en primera persona, la defensa de los derechos e influenciar las políticas públicas. En 2018 tuve una expansión significativa, pude observar que tienes proyectos y grupos de trabajo que ofrece a las entidades formación, apoyo técnico en solicitación de subvención y justificación, además participa de proyectos de otras entidades con tema de salud mental.

 

Título: Modelo Multiagente para Reconhecimento, Armazenamento e Distribuição de Contexto em Cidades Inteligentes
Coordenação: Leonardo Vianna do Nascimento
Vigência Projeto: 11/03/2019 a 11/03/2023

 Resumo: Esta proposta tem como objetivo geral desenvolver um modelo multi-agente para reconhecimento, armazenamento e distribuição de informação de contexto em cidades inteligentes. Com isso acredita-se ser possível aproveitar características distribuídas e sociais de sistemas multi-agentes para construir um modelo escalável, dinâmico, tolerante a falhas para processamento de contexto de usuários, permitindo que aplicações quaisquer possam ter acesso a esses dados de forma transparente. Além disso, esta proposta está alinhada com trabalhos já desenvolvidos e em desenvolvimento pelo grupo de pesquisas do orientador, cobrindo o problema de reconhecimento de contexto que ainda não foi abordado pelo grupo.

 

Título: Validação Transcultural da Escala de Erbaugh
Coordenação: Rossane Trindade Wizer
Vigência Projeto: 21/02/2019 a 31/08/2020

 Resumo: A utilização de instrumentos de avaliação validados no âmbito das atividades aquáticas garante qualidade ao instrumento e fidedignidade para a medida obtida. Assim, o estudo tem o objetivo de validar a Escala de Erbaugh, que é um instrumento de avaliação da competência motora aquática de crianças em idade pré-escolar. A escala é composta de 6 tarefas, são elas: entrada na água; deslocamentos: ventral, dorsal e pernadas; pegar objetos no fundo da piscina e saltos. A primeira etapa do estudo refere-se à tradução do instrumento, após será realizada a validação de conteúdo, com a participação de doutores na área da natação. Crianças com idade entre 3 e 6 anos, participantes de aulas de natação, juntamente com seus pais, serão convidadas a participar do estudo. Evidências de validade de critério e construto, bem como níveis de objetividade e reprodutibilidade da Escala de Erbaugh também serão determinados.

 

Título: Analogia e Lógica em ‘Grande sertão: veredas’
Coordenação:
Abel da Silveira Viana
Vigência Projeto: 24/06/2019 a 31/10/2019

Resumo: Este Projeto propõe o estudo da obra ‘Grande sertão: veredas’, de Guimarães Rosa, à luz dos conceitos de logos e de analogia, seguindo, assim, uma chave de leitura indicada pelo próprio escritor. Pretende-se refletir sobre o romance tendo em contraponto as afirmações de Rosa a respeito de sua produção literária, principalmente a partir de um conceito, o “sentir-pensar”, lançado pelo escritor em entrevista a Günter Lorenz em 1965. Tal proposta vai na contramão de muitos estudos canônicos a respeito da obra de Rosa. De uma maneira geral, as afirmações de Rosa sobre sua obra e sobre a crítica de sua obra não implicam tanto nas leituras críticas quanto influenciam na biografia do autor, haja vista serem, as declarações de Rosa, tomadas como excentricidade.

 


 

EDITAL IFRS Nº 85/2018- APOIO A PROJETOS PARA IMPLANTAÇÃO E ESTRUTURAÇÃO DE HABITATS DE INOVAÇÃO E EMPREENDEDORISMO 

 

Título: GALERIA ABERTA: ESPAÇO DE CRIAÇÃO, GESTÃO E PRODUÇÃO CULTURAL EM ARTES VISUAIS NO IFRS CAMPUS ALVORADA
Coordenação: Sandro Ouriques Cardoso (Daniel Bassan Petry)
Bolsistas: Cristyelen Ambrózio Ferreira
Vigência Projeto: 01/05/2019 a 31/01/2020

 Resumo: O projeto Galeria Aberta compreende a implantação e estruturação de uma galeria de arte adaptável, como uma incubadora para projetos expositivos de Artes Visuais e mostras temáticas, com ênfase na linguagem da fotografia, no IFRS Campus Alvorada. Articulada aos cursos do Eixo de Produção Cultural e Design ofertados na unidade, a implantação desse habitat de inovação propõe-se como uma plataforma de ações voltadas a atividades práticas, a partir da realização de projetos de criação, fomento e divulgação relacionados a um equipamento cultural. Sua existência configura-se como um ambiente voltado a práticas educativas criativas de impacto sociocultural em seu contexto de inserção. Como uma galeria “aberta”, tanto pelas suas condições físicas adaptáveis e flexíveis, quanto a sua forma de interação com a comunidade, sua instalação promoverá o desenvolvimento de um ambiente voltado à realização de projetos de ensino, pesquisa e extensão ligados à produção de projetos expositivos e ao gerenciamento de um espaço cultural, oportunizando a vivência no setor de forma profissionalizada. Sua realização visa promover o desenvolvimento de competências e aptidões para a gestão de um habitat criativo, aberto à inovação e a processos empreendedores. Com foco na promoção de valores sociais, o projeto tem como meta a ampliação da fortuna crítica, estética e sensível do público, bem como se compromete a estimular a cultura de acesso e valorização da produção discente, docente, técnica e de outros agentes do campo artístico local, visando o reconhecimento do campus como um espaço de produção de conhecimento e como equipamento cultural da cidade.


EDITAL 02/2019 APOIO A PROJETOS INDISSOCIÁVEL DE PESQUISA , ENSINO E  EXTENSÃO

 

Título: NA PRÁTICA: AÇÕES INTEGRADAS DE GESTÃO E PRODUÇÃO CULTURAL NO COTIDIANO DE UMA GALERIA DE ARTE
Coordenação :Sandro Ouriques Cardoso
Bolsistas:  Rodrigo Borba da Silva
Vigência Projeto: 01/05/2019 a 28/02/2020



Última atualização em 15/06/2022

Fim do conteúdo