Início do conteúdo

Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas


O Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas (NEABI) é um setor propositivo e consultivo que estimula e promove ações de Ensino, Pesquisa e Extensão orientadas à temática das identidades e relações étnico-raciais, especialmente quanto às populações afrodescendentes e indígenas, no âmbito da instituição e em suas relações com a comunidade externa.

São competências do NEABI:

  • Promover encontros de reflexão e capacitação de servidores para o conhecimento e valorização da história dos povos africanos, da cultura afro-brasileira e da cultura indígena, na constituição histórica e cultural do país;
  • Promover a realização de atividades de Ensino, Pesquisa e Extensão, relacionadas a temática;
  • Propor ações que levem a conhecer o perfil da comunidade interna e externa dos campi nos aspectos étnico-raciais;
  • Auxiliar na implementação das leis que estabelecem a cultura afro-brasileira e indígena como pontos de estudo e atividades no currículo escolar;
  • Buscar a implementação de projetos de valorização e reconhecimento dos sujeitos negros e indígenas no contexto dos campi;
  • Possibilitar o desenvolvimento de conteúdos curriculares, extracurriculares e pesquisas com abordagem multi e interdisciplinares sobre a temática de forma contínua;
  • Colaborar em ações que levem ao aumento do acervo bibliográfico relacionado a educação plurimétrica nos campi;
  • Organizar espaços de conhecimento, reconhecimento e interação com grupos étnico-raciais;
  • Revisar documentos dos campi, sempre buscando a inserção e atualização dos mesmos no que compete as questões étnico-raciais;
  • Propor e participar de eventos de outras instituições, como também de movimentos sociais que envolvam questões relacionadas a cultura afro-brasileira e indígena.

Identidade visual dos NEABIs do IFRS para download em formato ZIP

Composição

Podem compor o núcleo servidores, estudantes e representantes da comunidade externa.

A atual composição está definida na Portaria 141/2020.

– Alba Cristina Couto dos Santos Salatino, Técnico-administrativa em Educação
– Alexsander Vinicius da Silva, Discente
– Aline Andreoli, Comunidade Externa
– Aline da Cruz Soares, Comunidade Externa
– Barbara Paiva, Discente
– Bárbara Cardoso Aguiar, Discente
– Carlos Andre Taborda
– Claudir Miguel Zuchi
– Cláudia Maria da Cruz, Discente
– Daniela Sanfelice, Docente
– Elizete Cristina dos Santos, Técnico-administrativa em Educação
– Eunice Mariano, Comunidade Externa
– Gabriela Marques Correa, Discente
– Katielly Santos de Oliveira, Discente
– Luiz Gustavo da Luz Rodrigues, Discente
– Maria Cristina Pereira da Silva, Discente
– Milena Silvester Quadros, Docente
– Olga Machado, Comunidade Externa
– Paulo Eduardo Bastos, Comunidade Externa
– Priscila Vieira Bastos, Técnico-administrativa em Educação
– Reginaldo Primo de Menezes, Discente
– Renie Robim, Docente
– Stefan Chamorro Bonow, Docente
– Tanise Fernandes de Lima, Técnico-administrativa em Educação
– Thaís Teixeira da Silva, Técnico-administrativa em Educação

Coordenação

  • Coordenadora:
    • Titular: Elizete Cristina dos Santos; e
    • Suplente: Paulo Eduardo Bastos.
  • Secretária:
    • Titular: Eunice Mariano; e
    • Suplente: Thaís Teixeira da Silva

E-mail: neabi@restinga.ifrs.edu.br

Cronograma de reuniões 2020/1, sempre às 18h, pela plataforma Google Meet:

  • 13/08
  • 27/08
  • 10/09
  • 24/09
  • 08/10
  • 22/10
  • 05/11
  • 19/11
  • 03/12
  • 17/12

Documentos

  • Resolução Consup nº 021/2014 – Aprova o Regulamento dos Núcleos de Estudos Afro-Brasileiros e indígenas (NEABIs) do Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS).
  • Instrução Normativa IFRS nº 010/2017 –  Regulamenta o processo de ingresso de candidatos autodeclarados negros (pretos e pardos) por cotas nos processos seletivos e concursos do Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS)
  • Resolução Consup nº 023/2019  – Aprova a Política de Ingresso Especial e Permanência do Estudante Indígena do IFRS.

 

Última atualização em 09/10/2020

Fim do conteúdo