Início do conteúdo

Núcleo de Atendimento às Pessoas com Necessidades Educacionais Específicas


O NAPNE – Núcleo de Atendimento às Pessoas com Necessidades Educacionais Específicas – é um órgão que foi institucionalizado no IFRS – Campus Restinga por intermédio do programa TECNEP – Educação, Tecnologia e Profissionalização para Pessoas com Necessidades Educacionais Específicas – em outubro de 2010, por portaria do Diretor Geral do IFRS – Campus Restinga. Esse programa vem sendo desenvolvido pela SETEC/MEC (Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica – Ministério da Educação).

O programa TECNEP é uma ação que visa à instrumentalização das Instituições Federais de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (IFs, CEFETs e escolas vinculadas às Universidades) para o atendimento às pessoas com necessidades educacionais específicas em cursos de formação inicial, técnicos, graduação e pós-graduação, em parceria com os sistemas estaduais e municipais, bem como outras parcerias. O TECNEP é constituído por um Grupo Gestor Central, com técnicos da SETEC, por gestores regionais e por gestores estaduais.

O NAPNE é o setor que articula pessoas e setores para o desenvolvimento das ações de implantação/implementação da Ação TECNEP no âmbito interno do IFRS – Campus Restinga. Tem como objetivo principal promover na instituição a cultura da “educação para a convivência”, que é a aceitação da diversidade e, principalmente, buscar a quebra das barreiras arquitetônicas, educacionais, de comunicação e atitudinais.

Objetivos Gerais do Núcleo:

Definir diretrizes que promovam a inclusão sociodigital de pessoas com necessidades educacionais específicas (PNEEs), buscando o respeito às diferenças e à igualdade de oportunidades.

Objetivos Específicos do Núcleo:

  • Promover a cultura da educação para a convivência e aceitação da diversidade;
  • Adaptar materiais didáticos para alunos com necessidades educacionais específicas inclusos nos cursos regulares ou nos cursos de capacitação promovidos pelo IFRS – Campus Restinga: transcrever, escanear, construir material em relevo, descrever imagens, auxiliar os servidores na construção do material para as aulas, bem como divulgar para a comunidade interna e externa algumas atitudes pertinentes perante os PNEEs.
  • Subsidiar servidores no que se refere a assuntos relacionados à inclusão de PNEEs;
  • Promover acessibilidade física e virtual do campus;
  • Promover cursos de capacitação no IFRS – Campus Restinga nas diversas áreas cujo objetivo principal seja a inclusão sociodigital de PNEEs;
  • Pesquisar assuntos relacionados a acessibilidade: tecnologias assistivas, softwares educativos, habitação universal, entre outros.

 

Projetos

  • Seminário Educação e Diversidade
  • Turismo pedagógico e evolução de aprendizagem
  • Tecnologia assistiva e autismo
  • Educação profissional e o olhar da diferença

 

Composição (Portaria nº 020/2017)

  • Coordenadora: Gisele Oliveira Fraga do Nascimento – Coordenadora
  • Carine Ivone Popiolek – Técnico-administrativa em educação
  • Cassius Ugarte Sardiglia – Docente
  • Giseli Paim Costa – Docente
  • Jessie Ortiz Marimon – Docente
  • Manoela Chaves Gomes – Discente
  • Pedro Chaves da Rocha – Docente
  • Vera Regina Pereira Froz – Discente

E-mail: napne@restinga.ifrs.edu.br

 

Documentos

  • Resolução Consup nº 020/2014 – Aprova o Regulamento dos Núcleos de Atendimento às Pessoas com Necessidades Educacionais Específicas (NAPNEs) do Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS).
  • Caminhos da Inclusão – Legislações sobre Inclusão no Ensino Superior

 

Legislação

É possível acessar a legislação sobre o tema no site da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (Secadi).

 

Fim do conteúdo