Início do conteúdo

Projetos de Pesquisa e Inovação

CITest

Bruno Canal

O projeto CITest propõe desenvolver um sistema controlado para realizar o bring-up e teste de circuitos integrados (CIs), denominados de ASIC (Application Specific Integrated Circuit), como microcontroladores, decodificadores digitais, memórias, sensores digitais de temperatura, pressão e umidade, além de circuitos lógicos de uso geral. O sistema desenvolvido também contemplará a realização de excitação elétrica controlada e aquisição de medidas elétricas para fins de caracterização de CIs. Nesta proposta, utiliza-se uma plataforma microcontrolada e/ou baseada em FPGA (Field Programmable Gate Array) para implementar um sistema digital que irá gerar os padrões de teste para o CI a ser testado. Esta aplicação tem por objetivo realizar os testes de funcionamento e caracterização de um CI digital e/ou analógico, saído de uma fábrica (foundry), após o seu encapsulamento. A partir deste projeto, pretende-se implementar uma plataforma que possibilite realizar diferentes testes funcionais para um chip, através de escritas, leituras e verificação. Se tratando de circuitos digitais isto se dará através da inserção de vetores de teste usando as estruturas de cadeias de Scan Flip-Flops (Scan Chain) do chip a ser testado. No caso da caracterização de circuitos analógicos o objetivo será alcançado através da leitura das grandezas elétricas utilizadas na excitação do circuito e da interpretação da resposta dada pelo circuito à estas excitações.

As construções identitárias da africanidade nas literaturas de língua portuguesa

Cassiana Grigoletto

O impacto da globalização da economia, associado ao boom tecnológico responsável pela interconexão global, vem provocando mudanças estruturais nas sociedades modernas no final do século XX. Diante da fragmentação de paisagens culturais e configurações de novas pertenças, que produzem fenômenos de destradicionalização e de reinvenção da tradição, surge a necessidade de repensar determinados conceitos, como as noções fixas de sujeito e nação, num constante alargamento de fronteiras disciplinares. Para compreender esses processos que marcam a nossa condição “pós” (pós-moderno, pós-colonial), objetivamos estudar a literatura pelo viés dos Estudos Culturais e das teorias Pós-Coloniais. Para tanto, compreendemos a literatura como um produto cultural que, cada vez mais, exige uma reflexão sobre os modos de (re)articulação dos tecidos narrativos, os elementos culturais formadores de identidades e as relações de poder que os constituem. Tais questões são ainda mais significativas se considerarmos o contexto africano ou afrodescendente, pois a literatura tem desempenhado um importante papel na escrita da identidade cultural e histórica de seus povos. Disso, e também pela localização geográfica em que o Campus Restinga está inserido, decorre a relevância da proposta de investigação deste projeto de pesquisa: analisar as construções identitárias da africanidade nas literaturas de língua portuguesa, observando seus processos de transculturação e mecanismos de descolonização. Considerando o fato de que a pesquisa prevê o envolvimento de bolsistas do Curso de Letras existente no Campus e de que vários são os textos literários acerca dessa temática, o corpus literário de análise será definido em comum acordo.

 

Estudos sobre Multilinguismo e Interação Humano-Computador

Diego Moreira da Rosa

Este projeto visa o estudo do multilinguismo e o seu impacto sobre o design da interação humano-computador. Existem evidências de que uma grande parcela da população mundial seja bilíngue ou multilingue, ou seja, possui algum grau de conhecimento em duas ou mais línguas [1]. No entanto, a maioria das interfaces de software são projetadas para usuários monolingues, ou seja, desconsideram a possibilidade de utilizar mais de uma língua durante a interação. O projeto será desenvolvido de maneira multidisciplinar incluindo estudos nas áreas de linguística, interação humano-computador, engenharia de software e design. Vários aspectos serão investigados durante a execução do projeto. Primeiramente, serão avaliadas estratégias para identificar e registrar o perfil de usuários multilingues, já que a maioria das interfaces atuais permite o registro de apenas uma lingua elou localização no perfil do usuário (por exemplo: Brasil/Português Brasileiro). Num segundo momento, serão avaliadas interfaces que exibem conteúdo em diferentes línguas para seus usuários e as potencialidades dessa característica. Por fim, serão investigadas novas estratégias de design envolvendo multilinguismo, entre elas: apresentação de informação multilingue, entrada de texto em línguas diferentes da língua da interface, tradução colaborativa, etc. Outros aspectos interdisciplinares tais como estudos da incidência de multilinguismo na sociedade também poderão ser explorados ao longo da pesquisa.

 

Circadiômetro: um instrumento para medir os efeitos da iluminação artificial na saúde humana

Fausto Kuhn Berenguer Barbosa

Nos últimos 30 anos descobriu-se que o homem possui um ciclo circadiano controlado pela alternância de luz diurna e escuridão noturna. Esse é um ciclo metabólico que controla a secreção de hormônios como a melatonina. Existem evidências de que a iluminação artificial quebra este ciclo e isto estaria associado a doenças como desordens do sono e câncer. Neste projeto desenvolveremos um datalogger de iluminância, composição espectral da luz e acelerações, que será usado em outros projetos que relacionam a quantidade e qualidade da luz recebida pelos olhos, com doenças associadas à ruptura do ciclo circadiano. Instrumentos como este foram construídos usando fotodiodos associados a filtros ópticos para alcançar a resposta espectral desejada nas medidas de iluminância. Nosso datalogger se diferenciará por registrar o espectro da luz em uma matriz de sensores CMOS. Com isso, podemos aplicar, usando um computador ou microcontrolador, qualquer curva de resposta desejada ao espectro registrado e, assim, testar iluminâncias com diferentes respostas espectrais. Um microcontrolador obterá as medidas do sensor e as registrará em um cartão micro SD. Este projeto tem como colaboradora externa a professora Betina Martau da Faculdade de Arquitetura da UFRGS. Ela desenvolve projetos que usariam este dispositivo para coletar dados de iluminância, composição espectral e acelerações, relacionando-as a indicadores metabólicos e de saúde. Projetos como este buscam estabelecer uma nova métrica de iluminação para que esta deixe de ser um fator de risco a saúde e seja, fundamentalmente, um elemento associado ao bem estar, conforto e embelezamento de projetos arquitetônicos.

 

PRALER: Projeto de Avaliação e Prática de Leitura do Campus Restinga

Gabriela Fontana Abs da Cruz

O projeto PRALER tem por objetivo investigar e avaliar o processamento e a compreensão da leitura de alunos do Ensino Médio Integrado do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, Campus Restinga, a fim de obter dados que auxiliem na proposta de novas formas de ensino para alunos com dificuldades e nível de proficiência abaixo do esperado para sua série escolar. O projeto, em 2015, realizou testes que avaliaram a compreensão leitora e a consciência textual de textos de diferentes gêneros textuais, tanto literários quanto não literários. Em 2018, o enfoque do projeto será a análise de livros didáticos disponibilizados pelo PNDL/MEC, a fim de avaliar as questões e os enunciados envolvidos nas tarefas de leitura e de compreensão de textos. Essa análise levará em consideração os parâmetros do PISA (Programme for International Student Assessment) e os processos (e demandas) cognitivos envolvidos nessas atividades de compreensão leitora. Esse estudo auxiliará nas propostas de intervenções pedagógicas a serem desenvolvidas no projeto de ensino “Intervenções pedagógicas no processo de escrita: compreendendo enunciados”.

 

Núcleos de Desenvolvimento de Economia Criativa: Um Estudo na Região de Porto Alegre

Marcelo Machado Barbosa Pinto

Esse projeto tem por objetivo aprofundar a investigação sobre a formação e a expansão de organizações ou núcleos envolvidas com a economia criativa na região de Porto Alegre. Essa análise se baseia no entendimento de que determinadas organizações possibilitam a criação e o desenvolvimento de empreendimentos de economia criativa. Essas estruturas congregam etapas de produção e distribuição de bens e serviços e se valem de um conhecimento diferenciado. Tais organizações podem determinar a participação ou não de pessoas e/ou empresas num ciclo que se estende de uma rua, um bairro, uma cidade até uma rede global. A estratégia metodológica adotada para esta análise compreende o exame de dados secundários sobre a economia criativa e sobre o setor de serviços na região de Porto Alegre. Os estudos sobre a perspectiva da formação de organizações que fomentam economias constituem a base teórica para a discussão dos dados a serem produzidos e investigados.

 

Filhas da Memória da Restinga: histórias das mulheres na formação da comunidade

Tatiana Teixeira Silveira

Este projeto caracteriza-se como uma pesquisa qualitativa situada no campo da discussão histórica e da memória. Ao tomar como recorte as mulheres relevantes da Restinga a pesquisa proposta visa pontuar e analisar algumas singularidades e as principais características sócio-histórico-culturais presentes nas trajetórias das mulheres que formaram a comunidade e algumas instituições que atendem socialmente as mulheres na Restinga. As discussões serão tratadas sob a perspectiva teórica feminista (MEYER, 2013) e sob a perspectiva dos estudos da memória (LE GOFF, 2013), haja vista a necessidade de problematizar o espaço social, político, profissional e cultural destinado as mulheres moradoras da Restinga. Essas duas vertentes conceituais constituem-se no principal eixo teórico-metodológico escolhido para guiar o desenvolvimento deste estudo. A principal referência empírica serão fontes documentais sobre a constituição do bairro e a influência das mulheres. Além desses documentos, o suporte empírico desta pesquisa será constituído pelo mapeamento de mulheres e instituições que são referências para a comunidade no combate a violência e a busca pela equidade de gênero. Essa diversidade de fontes aliada com a bibliografia sobre os processos mnemônicos das mulheres e sobre os projetos de cunho feminista será fundamental para construir uma espécie de mapeamento sócio-histórico-cultural sobre a participação das mulheres na constituição do bairro, assim como poderá fomentar a implantação de um Centro de Memória das Mulheres da Restinga.

 

EventLab

Cintia Mussi Alvim Stocchero

O objetivo principal do projeto é implantar um Laboratório de Eventos – EventLab – no Campus Restinga voltado a soluções inovadoras, um espaço para que iniciativa privada, associações e organizações, estudantes e servidores atuem em conjunto para expandir e atualizar o setor de eventos no estado, gerando oportunidades aos estudantes e à comunidade para implantação de projetos empreendedores e tecnológicos voltados ao setor. A implantação do EventLab está em sintonia com uma série de ações já desenvolvidas visando o empreendedorismo e a inovação em nosso campus, como a Incubadora Social Tecnológica, o programa de extensão Despertar, voltado ao fomento ao empreendedorismo e o projeto InovaLab@Restinga, da área de eletrônica, recentemente implementado. Cabe ressaltar que o CST em Gestão Desportiva e de Lazer é um curso que tradicionalmente participa da organização de uma série de eventos no Campus, incluindo Jogos de Integração, Feira da Saúde, Jornadas Acadêmicas do curso, Seminário de Cultura, Esporte e Lazer (SECULT), Ciclo de Palestras sobre Empreendedorismo, bem como contribui com alunos voluntários na organização de vários outros eventos como Feira das Profissões e Jogos do IFRS. Essa ampla participação em todas as etapas de organização do evento pelos alunos está vinculada à própria concepção do PPC do curso, que prevê a realização de atividades teóricas e práticas, garantindo um ensino problematizado e contextualizado. Assim, acreditamos haver um grande alinhamento entre as atividades que já estão em curso em nosso campus e a proposta de criação desse Laboratório de Eventos.

 

Habitat de Inovação e Empreendedorismo Ciranda de Ensinagens

Helen Rodrigues Cardoso

O Habitat de Inovação e Empreendedorismo Ciranda de Ensinagens tem como objetivo geral estruturar e consolidar no Campus Restinga um espaço de reflexão, discussão, troca de experiências, capacitação, qualificação de docentes e pesquisas sobre os processos de ensino e aprendizagem. Trata-se de criar um ambiente propício ao desenvolvimento de inovações pedagógicas e aprendizagem coletiva, de intercâmbio de conhecimentos e práticas curriculares, de trabalho colaborativo e de interrelação entre os diversos agentes promotores do empreendedorismo e da inovação no processo pedagógico escolar. Para tanto, pretende reunir docentes e interessados na área das diferentes redes de ensino (públicas e privada) em encontros regulares. A partir destes, será organizada e conduzida uma pesquisa-ação para a experienciação de estratégias pedagógicas inovadoras.

 

InovaLab@Restinga

Alexsandro Cristovão Bonatto

O projeto do InovaLab@Restinga da Restinga surge no intuito de consolidar um ambiente de invenção e criação dentro do Campus, fortalecendo ações já existentes, como a Incubadora Tecnológica Social e os diversos projetos de pesquisa, ensino e extensão, com a perspectiva de consolidar um Habitat de Inovação. Ao mesmo tempo que a instalação do InovaLab@Restinga dialoga com uma série de ações em curso no Campus Restinga, sob o ponto de vista da promoção do empreendedorismo e da inovação, os projetos das disciplinas nos cursos técnicos, as disciplinas que envolvem projetos nos diversos cursos superiores e o Programa Despertar, entre outras iniciativas de ensino, pesquisa e extensão – será um importante mecanismo de interação com a comunidade e com o Distrito Industrial da Restinga. O projeto prevê a instalação do ambiente InovaLab@Restinga, a realização de oficinas estilo ‘makers’ para difundir o conceito e a tecnologia da prototipagem rápida, a prestação de serviços à comunidade e a ampliação gradual da ação. Nessa perspectiva, a presente proposta propõe ações claras de aproximação de tais tecnologias do público interno e externo, tais como: o uso coletivo dos equipamentos de prototipagem rápida, cursos, seminários, palestras sobre uso desta tecnologia(s), softwares necessários, possibilidades de uso e como replicar as ferramentas/máquinas. Tudo isso irá contribuir diretamente para o desenvolvimento tecnológico dos diversos cursos do Campus e para tornar o Campus Restinga um polo de inovação e empreendedorismo.

 

Dublagem e Legendagem em Língua Inglesa e Língua Espanhola

Ana Célia Santos dos Anjos

As tecnologias da informação e comunicação estão cada vez mais presentes no dia a dia da sociedade atual. Desta maneira, usá-las como ferramentas no processo de ensino-aprendizagem de línguas significa ter um aliado importante neste processo. Nesta perspectiva, este projeto se propõe a investigar o processo da dublagem e legendagem a fim de propor formas de intervenção no ensino de língua inglesa e de língua espanhola. Desta forma, a pesquisa está organizada nas seguintes etapas: pesquisa bibliográfica acerca do tema investigado, estudo de softwares voltados para a dublagem e legendagem, análise de vídeos legendados e dublados, tradução e testes de legendagem e dublagem, criação de um canal para postagem da produção dos estudantes e a proposta de trabalhos a serem desenvolvidos na aula de língua inglesa e espanhola. A partir dos resultados obtidos, serão oferecidas oficinas de extensão de dublagem e legendagem no campus e a produção de sequências didáticas para serem utilizadas nas aulas de inglês e espanhol.

 

Ensinagens a partir da Integração Curricular

Helen Rodrigues Cardoso

A pesquisa ENSINAGENS A PARTIR DA INTEGRAÇÃO CURRICULAR tem como OBJETIVO GERAL acompanhar o processo de implantação do Projeto Pedagógico do Curso Técnico em Lazer Integrado ao Ensino Médio, no Campus Restinga, verificando o potencial das experiências de integração curricular na qualificação dos processos de ensino e aprendizagem – ensinagens. O Curso Técnico em Lazer foi ofertado pela primeira vez em 2016 e, em 2018, forma sua primeira turma. Seu Projeto Pedagógico prevê um trabalho integrado, organizado a partir de Componentes Curriculares que são compostos por diversas disciplinas. Esta investigação quer acompanhar o processo de retomada do PPC (que será revisado em 2018), tanto na sua operacionalização, quanto na sua atualização. Para tanto, propõe uma pesquisa-ação, com investigação bibliográfica e documental. Através da investigação bibliográfica pretende aprofundar o conhecimento sobre integração curricular, de maneira a compreender como tal organização do trabalho pedagógico pode qualificá-lo. Este projeto faz parte de um conjunto de ações de ensino, pesquisa e extensão realizadas pela Equipe Ciranda de Ensinagens e é conduzido pelo Núcleo de Estudos Sobre Processos de Ensinagens – NESPE.

 

O Lazer é para todos? Até para os idosos institucionalizados?

Helen Rodrigues Cardoso

A pesquisa O LAZER É PARA TODOS? ATÉ PARA OS IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS? tem como objetivo acompanhar as propostas de Lazer para idosos institucionalizados em uma instituição da Zona Sul de Porto Alegre, verificando o potencial de tais experiências na melhoria da qualidade de vida dos sujeitos. Pretende verificar a oferta de atividades de Lazer para os idosos institucionalizados; conhecer os interesses, em relação ao Lazer, dos idosos institucionalizados; propor atividades de Lazer aos idosos institucionalizados; e verificar o impacto das atividades de Lazer na qualidade de vida dos idosos institucionalizados. Para tanto, propõe uma pesquisa-ação, em que ao acompanhar o dia-a-dia destes idosos, terá elementos para uma intervenção. As atividades de Lazer a serem realizadas serão planejadas, organizadas, executadas e avaliadas tendo como base o prisma teórico a ser constituído a partir de investigação bibliográfica. Através da investigação bibliográfica pretende-se aprofundar o conhecimento sobre o Lazer para idosos institucionalizados e as políticas públicas sobre este tema. Este projeto faz parte de um conjunto de ações de ensino, pesquisa e extensão realizadas pela Equipe Ciranda de Ensinagens e é conduzido pelo Núcleo de Estudos Sobre Processos de Ensinagens – NESPE.

Fim do conteúdo