Início do conteúdo

Fluxo Contínuo


É a modalidade de atividade de extensão universitária que visa aplicação e socialização para a comunidade interna e externa, com práticas e descobertas científicas, realização de ações como: projetos, cursos, palestras, prestação de serviços e treinamentos de média e longa duração.

 

Ações de 2019

 

Curso Básico de Libras IFRS – Câmpus de Erechim

Coordenadora: Sabina Silvania Veloso

Resumo: A Língua Brasileira de Sinais foi oficializada através da Lei Federal 10.436, de 24 de abril de 2002, e com ela, benefícios significativos para a comunidade surda. É a língua utilizada pela comunidade surda para a  comunicação com os ouvintes. Atribui-se a denominação de língua por ser composta de níveis linguísticos: morfológico, sintático e semântico. Seu diferencial é o fato de ser de modalidade visual–espacial. Nesse sentido, evidencia-se que a língua de sinais é a forma de comunicação com grande potencial, pois, de acordo com as vivências e experiências de quem conhece e convive com os surdos, torna-se essencial para a conquista de sua independência. Sendo assim, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia – Campus de Erechim estima a oferta de mais um curso Básico de Libras para a comunidade em geral.

 

 Palestras Dia Internacional da Mulher

Coordenadora: Natálie Pacheco Oliveira

Resumo: O Evento pretende promover duas palestras no dia 8 de março de 2019 com temática pertinente ao dia Internacional da Mulher. As palestras são voltadas aos servidores e discentes do IFRS, e também para a comunidade externa. A palestrante será Joana Silvia Mattia, mestranda no PPG Direito na Universidade de Passo Fundo – UPF, na linha de Pesquisa Relações Sociais e Dimensões do Poder (2018-2019). Integrante do grupo de pesquisas Dimensões do Poder, Gênero e Diversidade. É Advogada no Núcleo de Práticas Jurídicas – URI, Campus de Erechim- RS; Pós-graduação em Direito e Processo do Trabalho pela Faculdade Anhanguera (2010). Possui graduação em Direito pela Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões, URI Campus de Erechim (2007).

 

Palestra Dia Internacional contra a Discriminação Racial

Coordenadora: Priscilla Pereira dos Santos

Resumo: O evento pretende promover uma palestra no dia 22 de março de 2019 com a temática relacionada ao dia Internacional contra a Discriminação. A palestra será voltada aos servidores e discentes do IFRS, e também para a comunidade externa. Está atividade faz parte do calendário de ações afirmativas a ser desenvolvido ao longo do ano pelos núcleos de ações afirmativas.

 

Curso de Mecânica Automotiva – Nível Básico – 13º BPM – Erechim RS

Coordenador: Enildo de Matos de Oliveira

Resumo: Atualmente o 13º Batalhão da Brigada Militar situada na cidade de Erechim, além de seu pessoal especializado e armamento, conta com o uso de diversos modelos de veículos (viaturas) para o
policiamento de toda a região do Alto Uruguai. E para que o policiamento alcance seus objetivos
estratégicos junto a segurança pública, a boa manutenção destas viaturas é de suma importância. Uma
vez que a boa manutenção irá garantir que as viaturas estarão sempre disponíveis para o policiamento e
ao atendimento das ocorrências policiais. Além disso, os policiais que serão os motoristas das viaturas,
além da boa habilidade ao volante, devem também ter bons conhecimento compõem um automóvel. E
estes conhecimentos irão contribuir para uma condução racional da viatura aumentando a sua vida útil de uso, a diminuição dos custos de manutenção e por consequência o aumento da confiabilidade das viaturas que que fazem parte da frota do 13º Batalhão da Brigada Militar em Erechim. E a finalidade do curso de extensão proposto é de contribuir para o aprofundamento dos conhecimentos técnicos dos policiais que irão conduzir as viaturas e ao mesmo tempo contribuir a longo prazo para a redução dos custos de manutenção por parte do do 13º Batalhão da Brigada Militar em Erechim. E o mais importante, garantir uma maior disponibilidade das viaturas nas as ações em prol da segurança pública.

 

Projeto Tampinha Legal

Coordenadora:Marília Balbinot Pavan

Resumo: O projeto visa arrecadar tampinhas plásticas para doação para a ADAU, que está desenvolvendo a campanha Tampinha Legal. É uma iniciativa do Instituto SustenPlást, com realização do Congresso Brasileiro de Plástico (CBP) e apoio institucional do Plastvida, com o objetivo de incentivar a coleta de tampas plásticas em âmbito nacional. Com o valor arrecadado a ADAU investe na manutenção das atividades sociais desenvolvidas pela associação e na aquisição de cadeiras de rodas, muletas e andadores, para empréstimo a comunidade que desses materiais necessitar.

 

Projeto Diferentes Religiões

Coordenador: Miguelângelo Corteze

Resumo: Projeto de extensão voltado à iniciação à pesquisa no ensino fundamental e na elaboração de material didático de ensino religioso para as turmas 9º ano da Escola Estadual de Ensino Médio Érico Veríssimo de Erechim/RS, no âmbito da 15ª Coordenadoria Regional de Educação. A proposta visa também aproximar os movimentos populares em suas manifestações religiosas com o estudo realizado pelo ensino religioso, além de proporcionar uma forma de articular a interdisciplinaridade na área das ciências humanas e suas tecnologias, atendendo uma das políticas de extensão do IFRS e incentivando a participação dos estudantes do ensino fundamental em eventos científicos e intensificando as relações do IFRS com as instituições públicas da educação básica na região.

 

Curso Gestão Pública – 2019

Coordenador: Eduardo Fernandes Sarturi

Resumo: A qualificação dos colaboradores é algo fundamental para a eficiência e eficácia de qualquer organização, seja ela pública ou privada. Segundo Gonçalves (2013), em decorrência das intensas transformações sociais, o Estado encontra-se sobrecarregado em suas atividades e muitas vezes acaba tendo dificuldades em atender às reais necessidades da população, as quais devem ser geridas pela Administração Pública. A mesma autora ainda afirma que este fato exige dos administradores da coisa pública uma nova postura, abandonando o jeito burocrático de administrar, responsável por tornar a máquina pública pesada, cara e ineficaz, e adotando uma nova administração gerencial, onde os fins sociais sejam buscados com emprego de meios mais eficientes, sem desperdício de tempo e de recursos públicos. Neste sentido, a qualificação dos gestores contribui para que os mesmos possam estar refletindo sobre suas práticas, agregando novos conhecimentos e consequentemente, melhorando os serviços prestados à comunidade. Nesta perspectiva, o presente projeto pretende contribuir para a atualização dos profissionais que atuam na Câmara de Vereadores e Prefeitura Municipal de Erechim, em temas relacionados à gestão e finanças públicas, envolvendo a discussão de conceitos e a reflexão sobre suas práticas diárias, de modo a contribuir com a melhoria das suas atividades, da imagem pública e do atendimento às necessidades da sociedade, trazendo benefícios tanto para o servidor, quanto para órgão público que ele representa e para a comunidade como um todo.

 

Curso Básico de Libras IFRS – Câmpus de Erechim

Coordenadora: Sabina Silvania Veloso

Resumo: A Língua Brasileira de Sinais foi oficializada através da Lei Federal 10.436, de 24 de abril de 2002, e com ela, benefícios significativos para a comunidade surda. É a língua utilizada pela comunidade surda para a comunicação com os ouvintes. Atribui-se a denominação de língua por ser composta de níveis linguísticos: morfológico, sintático e semântico. Seu diferencial é o fato de ser de modalidade visual–espacial. Nesse sentido, evidencia-se que a língua de sinais é a forma de comunicação com grande potencial, pois, de acordo com as vivências e experiências de quem conhece e convive com os surdos, torna-se essencial para a conquista de sua independência. Sendo assim, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia – Câmpus de Erechim estima a oferta de mais um curso Básico de Libras para a comunidade em geral, procurando desta forma, atender a demanda externa de interessados em realizar este tipo de curso. Desta forma, utilizar-se-á de aulas expositivas, material didático específico como: tradução da Língua Libras para o português, caça-palavras, entre outros materiais didáticos que favorecem o aprendizado da Libras, assim sendo, espera-se que os participantes tenham uma inserção inicial no mundo comunicativo do surdo.

 

Curso de Matemática Financeira (EaD)

Coordenadora: Marlova Elizabete Balke

Resumo: O curso utiliza como base o material ‘Matemática Financeira’, produzido pela professora Regiane Janaina Silva de Menezes, para a Rede e-Tec Brasil. O curso é dividido em 5 unidades, totalizando 60 horas. No texto disponível em cada unidade materiais complementares de livros didáticos. Para cada aula, o cursista encontrará atividades de aprendizagem que auxiliarão na reflexão sobre o conteúdo visto. Após realizar todas atividades de aprendizagem, uma avaliação final será disponibilizada. Para aprovação no curso, você deverá obter aproveitamento igual ou superior a 70% nesta avaliação final.

 

Evento Machado de Assis Real

Coordenador: Giovane Rodrigues Jardim

Resumo: Mesa-redonda em comemoração aos 160 anos de nascimento de Machado de Assis, para debater a obra do autor e a questão do branqueamento de suas imagens na história da literatura brasileira, abordando a questão da colonialidade do ser, do saber e do poder. Participaram os seguintes professores: André Fabrício Ribeiro, Licenciado em História, Mestrando em Educação (UFFS); Carina Dartora Zonin, Doutora em Literatura Brasileira (UFRGS); Giovane Rodrigues Jardim, Mestre em Ética e Filosofia Política (UFPEL); Miguelângelo Corteze, Mestre em Educação nas Ciências (UNIJUÍ).

 

Tire a Solidariedade do Armário e aqueça corações

Coordenador: Sidnei Dal’ Agnol
Resumo: Engajar alunos, professores, empresas privadas e comunidade para a percepção das necessidades de pessoas carentes do município de Erechim, com o objetivo de arrecadar agasalhos, calçados e cobertores para adultos e crianças necessitadas, despertando o espírito de empatia e solidariedade das pessoas. Será utilizado estratégias de marketing para potencializar o projeto, utilizando canais digitais como forma de divulgar a mensagem pedindo doações, assim como, prestar contas para sociedade.
Dia internacional contra a LGBTfobia
Coordenadora: Natalie Pacheco Oliveira

Resumo:O Evento ‘Dia internacional contra a LGBTfobia’, que acontecerá no dia 17/05,  está previsto no projeto ‘Arte e discussão: pela valorização étnico-racial e de gênero’, que retoma as atividades no ano de 2019. O evento do dia 17/05 tem por objetivo criar um ambiente propício para discussão sobre gênero e sexualidade em ambiente educacional, com intuito de promover uma educação para igualdade e respeito entre pessoas.

 

Projeto de Integração entre os Núcleos do IFRS Erechim- NAPNE, NEPGS, NEABI: I Workshop de Ações Afirmativas, Inclusivas e Diversidade

Coordenador: Giovane Rodrigues Jardim

Resumo: O evento visa integrar os três núcleos, NEABI (Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas), NAEPGS (Núcleo de Estudos e Pesquisas em Gênero e Sexualidades) NAPNE(Núcleo de Atendimento às Pessoas com Necessidades Educacionais Especiais) do Campus Erechim do IFRS em torno da temática das ações afirmativas, inclusivas e da diversidade, oportunizando tempo e espaço para a comunidade discutir sobre estas questões centrais para a sociedade contemporânea. Desta forma, tanto com a comunidade interna como externa, o evento será uma oportunidade para partilha de atividades desenvolvidas, para reflexão sobre a pluralidade humana, bem como para dar visibilidade aos núcleos em sua dimensão de indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão.

 

Projeto Conversation Club

Coordenador: Priscila Gil Wagner

Resumo: Nas últimas décadas a globalização fez surgir a necessidade de comunicação entre diferentes povos e culturas. Desta forma a língua inglesa surge nesse cenário como língua de comunicação global, muito utilizada em reuniões e acertos internacionais em diferentes países. Posto isso o projeto busca proporcionar diferentes ações à comunidade geral e acadêmica de forma a aprimorar o processo de conversação da língua inglesa. As ações serão voltadas à conversação na forma de debate, na escuta através de filmes e na leitura através de textos.

 

Palestra Marcas e Patentes

Coordenadora: Adriana Troczinski Storti

Resumo: A palestra sobre Marcas e Patentes será ministrada por integrantes da PROPPI e Escritório de Projetos do IFRS, visando capacitar empresas, servidores e discentes quanto ao tema, importante para dar solidez a novos empreendimentos, atualizando sobre normas e fluxos necessários no Brasil para registro de Marcas e Patentes.

 

Educação em Debate I – 2019

Coordenador: Ivan Carlos Bagnara

Resumo: A educação escolar, na contemporaneidade, necessita ser concebida na perspectiva sociocultural, ou seja, como algo que, por influenciar diretamente na realidade do mundo e na vida das pessoas, deve ser problematizada de forma multidimensional. Nesse sentido, este projeto objetiva desenvolver debates e problematizações acerca de temáticas contemporâneas vinculadas à educação escolar; estimular a
reflexividade acerca de temáticas fundamentais para os processos didático-pedagógicos escolares e contribuir para melhorar a compreensão de elementos relacionados à educação escolar numa perspectiva política (responsabilidade social da escola e da educação escolar). Metodologicamente, as atividades desenvolvidas durante a realização do projeto adquirem características de aulas invertidas, em que o
palestrante disponibiliza previamente textos para leitura e familiarização com os conceitos que serão aprofundados e debatidos durante a realização das palestras. Espera-se que o desenvolvimento do projeto auxilie os professores participantes a melhor compreender as relações entre a educação escolar e a constituição de uma sociedade republicana e democrática.

 

Fortalecendo a aprendizagem organizacional por meio da educação empreendedora

Coordenadora: Talita Bernardi Goettems

Resumo: O projeto presta serviços de gestão às pequenas empresas familiares por meio da construção coletiva de soluções dos problemas empresariais, pois utiliza os fundamentos teóricos da educação empreendedora que contribuí para fortalecer a aprendizagem dos discentes.

 

 

Ações de anos anteriores:

Fim do conteúdo