Início do conteúdo

PAIEX/PIBEX


O Programa de Apoio Institucional à Extensão do IFRS (PAIEX) tem a finalidade de
fomentar os programas e projetos de extensão no âmbito das comunidades de abrangência da
Instituição, em consonância com a Política de Incentivo ao Desenvolvimento da Extensão no IFRS
(PIDE).

O Programa Institucional de Bolsas de Extensão do IFRS (PIBEX), em consonância
com a Política de Incentivo ao Desenvolvimento da Extensão no IFRS (PIDE), tem por finalidade
apoiar os programas e projetos de extensão, fomentados por orçamento institucional ou externo,
através da concessão de bolsas aos estudantes regularmente matriculados nos cursos do IFRS.

 

Para o ano de 2018 teremos os seguintes projetos em andamento:

 

IFRS e práticas educativas com grupo de estrangeiros em Erechim

Coordenadora: Adriana Storti

Resumo: Este Projeto, aqui intitulado como “IFRS E PRÁTICAS EDUCATIVAS COM GRUPO DE ESTRANGEIROS EM ERECHIM” é composto por algumas ações que visam auxiliar, especialmente aos haitianos, senegaleses e ganeses que residem no município de Erechim. Estes imigrantes (que podem ser aqui também chamados de migrantes dada sua constante troca de sede) chegam até o município advindo, muitas vezes de outras cidades brasileiras, mas oriundos de seus países de origem, onde segundo estes imigrantes, carecem de ofertas de saúde e de qualidade de vida. Em busca de novas oportunidades e desta melhorias de condições individuais e para suas famílias, vem chegando de forma mais intensa no Brasil e também na região e Erechim, nos últimos anos. Estes estrangeiros vivem uma grande dificuldade todos os dias – o conhecimento da língua portuguesa, para poderem assim, buscar trabalho e saúde aqui, aspectos fundamentais para a sobrevivência de uma pessoa em um novo país. Portanto, este projeto visa auxiliar com algumas ações de conhecimento da língua portuguesa para estes estrangeiros; assim como curso de formação em corte e costura, que objetiva gerar oportunidades para próprios produtos artesanais que possam ser vendidos no futuro, gerando renda própria para seu sustento
e contribuindo assim com a qualidade de vida na cidade de Erechim. Ressalta-se que este projeto, além dos cursos, integrará discussões e debates em reuniões específicas com estes estrangeiros e comunidade regional em momentos de integração entre participantes do projeto estrangeiros – e IFRS.

 

Marketing Digital-IFRS Acontece

Coordenador: Sidnei Dal’Agnol

Resumo: Oferecer uma ferramenta de tecnologia de Informação e comunicação (TIC), que contribua para o desenvolvimento da Comunidade regional e do IFRS – Campus Erechim, envolvendo os conhecimentos desenvolvidos junto aos cursos da instituição. Este projeto também propõe um processo de comunicação entre Instituição de ensino e diferentes atores sociais, através da oferta de conteúdos relacionados com os cursos de graduação e técnico existentes no Campus. A ferramenta utilizada será um Blog que possibilitará a interatividade através de espaços como: Campos de cometários, enquetes,compartilhamento em redes sociais, entre outros. Também serão utilizados as funcionalidades da ferramenta que possibilita a interação com redes sociais, potencializando a abrangência dos conteúdos publicados. O blog será abastecido com conteúdos gerados a partir do que acontece no IFRS- Câmpus Erechim e também com conteúdos trazidos pelos estudantes do seu ambiente de trabalho e de convívio social, desde que, sejam ligados aos objetivos do projeto. Através do conhecimento gerado com o trabalho, será realizado no segundo semestre de 2018 um curso de marketing digital para comunidade externa, englobando temas como: utilização de mídias e redes sociais, conceitos de marketing digital, atendimento ao cliente, oportunidades digitais para organizações.  Espera-se com o projeto contribuir para o desenvolvimento do IFRS- Erechim e comunidade regional, através da criação e publicação de conteúdo relevante, proporcionando acesso a informação gratuita . O projeto pretende contar com um bolsista que atuará em conjunto com os colaboradores para viabilizar e potencializar o projeto. os fluxos de informações e alcançar os objetivos propostos.

 

IFRS: tecendo ações educativas na Região do Alto Uruguai

Coordenadora: Marlova Blake

Resumo: Projeto de extensão voltado a formação de professores da rede pública e estudantes do 9º ano das Escolas da rede estadual do município de Erechim, e região. Para tanto, tem-se como objetivo oportunizar professores de Educação Básica um processo de formação continuada de saberes teóricos e práticos baseado em experiências de prática pedagógica nas diversas áreas do conhecimento, e aos estudantes, a complementação dos estudos de sala de aula do componente curricular de matemática. A respectiva proposta contempla a Política de Extensão, desenvolvendo atividades de extensão de acordo com os princípios e finalidades da educação profissional e tecnológica, em articulação com o mundo trabalho e os segmentos sociais, e com ênfase na produção, desenvolvimento e difusão de conhecimentos científicos e tecnológicos, aproximando desta forma o IFRS Campus Erechim da Sociedade. Desta forma, será adotada uma metodologia qualitativa para realizar as atividades, em que pretende-se observar os grupos de trabalhos com a Modelagem Matemática, oficinas com jogos como também pesquisa bibliográfica. A perspectiva de Modelagem Matemática na Educação Matemática estabelecida no contexto do estudo será verificada pela interação e pela visão de matemática e de sua relação com a realidade presente no cotidiano dos participantes, procurando agregar a jogos educativos e atividades realizadas em sala de aula.

 

Promoção de ações inclusivas para pessoas com deficiência no IFRS Campus Erechim

Coordenadora: Marli Daniel

Resumo: O presente projeto será desenvolvido no âmbito do Programa PAIEX do IFRS, em que baseia-se nos pressupostos de uma educação de qualidade para todos. Observa-se que a inclusão escolar está relacionada ao processo de democratização da escola, e dessa forma o NAPNE do Campus Erechim inserido na comunidade local, procurando desenvolver atividades significativas dentro da Inclusão de pessoas com necessidades especificas na Educação, e, percebendo a necessidade de desenvolver ações e atividades sobre educação especial no âmbito da inclusão social, propõe por meio do presente projeto a difusão de informações, ideias, conceitos, entre outras, de forma construtiva e dialógica, para que possamos contribuir com a cultura de respeito à diversidade em nosso sistema educacional, com atitudes que visam à inclusão social e educacional. Diante deste contexto o objetivo geral do projeto é realizar situações de aprendizagem com atividades práticas com base nos saberes prévios dos estudantes, utilizando diferentes espaços e materiais disponíveis nas associações parceiras , assim como no Campus Erechim, permitindo desta forma a socialização e sistematização dos conhecimentos construídos e estratégias para incluir pessoas com baixa visão de modo que os pressupostos teóricos sejam articulados com a prática, diante da realidade local.

 

Educação e Alimentação Saudável: atitudes para uma formação humana e integral

Coordenadora: JulianaGirotto

Resumo: O ambiente escolar possibilita o desenvolvimento de ações voltadas para a educação formal e curricular, assim como, a abordagem de temas transversais como a promoção da saúde, na perspectiva do desenvolvimento de uma alimentação saudável. Da mesma forma, no IFRS – Campus Erechim são desenvolvidas ações que promovem o acesso a saberes que contribuem com uma formação integral. Abordar o tema saúde de forma transversal, de acordo como os Parâmetros Curriculares Nacionais é uma forma de incentivar e refletir sobre a adoção de práticas que estimulem um estilo de vida saudável. Sendo assim, este projeto tem como principal objetivo auxiliar na reflexão e adoção de hábitos alimentares que promovam um bom estado nutricional aos estudantes, professores e comunidade escolar da Escola Estadual Érico Veríssimo de Erechim e da Escola Estadual de Ensino Fundamental Santo Agostinho. Serão abordados neste projeto outros temas complementares como: Merenda escolar, legislação, PNAE; Guia Alimentar para a População Brasileira; Práticas alimentares saudáveis; Boas práticas de manipulação de alimentos, rotulagem e processamento; Disfunções alimentares e padrões de comportamentos alimentares que causam prejuízo à saúde, assim como, serão desenvolvidas atividades práticas e oficinas com os estudantes e funcionárias das escolas. Também está previsto momento de formação envolvendo os extensionistas da Ascar/Emater.

 

Erechim Moda Show 2018

Coordenadora: Vania Fante

Resumo: O Setor Têxtil e de Vestuário apresenta-se para o desenvolvimento regional como uma importante via de crescimento. Este segmento está presente, direta e indiretamente, nos 32 municípios que compõe a região do COREDE-Norte ou Alto Uruguai Gaúcho, totalizando 121 estabelecimentos industriais, gerando aproximadamente 1350 empregos. O Erechim Moda Show tem por desafio fomentar o desenvolvimento do Arranjo Produtivo Local – Polo Vestuário Norte do Rio Grande do Sul – APL/POLOVEST. Tem como organizador o IFRS-Campus Erechim e o Sindivest/AU com apoio da Prefeitura Municipal de Erechim, Senai, Sebrae, Senac e APL/POLOVEST. O projeto Erechim Moda Show 2018 é composto de diversas ações que caracterizam a indissociabilidade entre pesquisa, ensino e extensão, como o ciclo de palestras, destinado à profissionais, estudantes, empresários e interessados no mercado de moda, apresentações e exposições organizadas pelos alunos do IFRS campus Erechim a fim de mostrar as atividades realizadas nas disciplinas. O projeto está em sua sétima edição e, assim como os anteriores, espera-se que os participantes integrem-se com o mercado de moda e vestuário da região do Alto Uruguai aplicando os conhecimentos adquiridos em seus postos de trabalho.

 

Projeto de Capacitação sobre Elaboração Artesanal de Produtos de Panificação aos Produtores da Agricultura Familiar do Alto Uruguai/RS

Coordenadora: Valéria Borszcz

Resumo:  A produção de alimentos, oriundos da agricultura familiar, vem crescendo consideravelmente nos últimos anos devido principalmente à busca de alimentos diferenciados pelos consumidores e aos programas de incentivo estabelecidos pelos governos municipais, estaduais e federal. Adquirir conhecimentos continuamente com a capacitação profissional possibilita ao produtor rural a busca pela satisfação e conquista de novos clientes, além de produzir alimentos seguros e de ótima qualidade. Para atender este mercado, o pequeno produtor passa por muitos desafios, visto que na sua maioria possui pouca ou nenhuma informação técnica sobre a produção de alimentos. Portanto, este projeto tem por objetivo buscar parcerias com empresas de alimentos que tenham interesse em ministrar gratuitamente cursos práticos de curta duração na área da panificação. Os cursos serão ofertados para produtores da agricultura familiar pertencente a região do Alto Uruguai, visando a diversificação e melhoraria da qualidade dos seus produtos. Para tanto, há necessidade de verificar as demandas específicas dos produtores rurais da área de panificação, bem como, buscar parcerias com empresas privadas que disponibilizarão seu capital humano para ministrar os cursos e também doações de alimentos necessários para realização das atividades práticas. O(a) bolsista selecionado(a) colaborará na organização, promoção e divulgação das ações que serão desenvolvidas durante a vigência deste projeto. Pretende-se ofertar pelo menos 5 cursos práticos gratuitos que serão realizados na Usina-piloto de Panificação do IFRS/Campus Erechim, seguindo as normas de segurança alimentar. Cada curso contemplará a quantidade máxima de 15 integrantes, com duração mínima de três horas.

 

Cursos e Profissões: conhecendo o IFRS- Campus Erechim

Coordenadora: Silvia Frandolozo

Resumo: O projeto de extensão “Cursos e Profissões: conhecendo o IFRS – Campus Erechim” objetiva fornecer aos estudantes concluintes dos ensinos fundamental e médio das escolas do município de Erechim e região, informações sobre os cursos ofertados no Campus, auxiliando no processo de escolha profissional e buscando reduzir os índices de evasão relacionados à falta de conhecimento do curso escolhido. Considerando a função social e os objetivos institucionais do IFRS, constata-se a importância da criação de estratégias que promovam maior aproximação com a comunidade, especialmente pelo fato do Campus Erechim ser relativamente novo no contexto no qual está inserido. Ademais, é possível verificar que alguns estudantes que ingressam na instituição apresentam dificuldades em função do desconhecimento do curso escolhido. Ainda nesse sentido, observa-se que a falta de conhecimento sobre o curso é um dos fatores apresentados como motivadores da evasão. Acredita-se que as ações previstas no projeto possibilitarão maior conhecimento local da instituição e espera-se que possibilitem maior congruência entre as concepções e expectativas dos estudantes e a realidade dos cursos ofertados, favorecendo escolhas mais conscientes e consequentemente maior adequação e satisfação com o curso e com a profissão escolhida.

 

Clube de Xadrez IFRS Campus Erechim

Coordenador: Antônio dos Santos Esperança

Resumo: O Clube de Xadrez busca aprimorar a aprendizagem dos estudantes através de práticas relacionadas ao jogo de Xadrez como: realização de oficinas; encontros; torneios; construção de um jogo de xadrez gigante com uso de material reciclável. Sobretudo o projeto incentivará a prática do Xadrez como ferramente pedagógica.

 

Olimpíada Brasileira de Informática: Divulgação e Capacitação de Estudantes de Educação Básica

Coordenador: Alexandro Magno dos Santos Adário

Resumo: Esta proposta visa divulgar a Olimpíada Brasileira de Informática em Escolas de Educação Básica do município de Erechim. Com esse objetivo, será difundida a relevância do ensino da lógica e da programação ainda no Ensino Fundamental, o que auxilia os estudante a obter maior desempenho educacional, melhorando seu raciocínio, a iniciativa de solução de problemas reais e cotidianos, bem como conscientização para um aprendizado mais amplo, no qual conceitos matemáticos, tecnológicos e científicos mesclam-se a conceitos humanísticos, éticos e sociais, através da colaboração e da compreensão do desenvolvimento e da solução de projetos. A metodologia de ação principal é a divulgação da OBI nas escolas e a seleção de estudantes que tenham interesse e tenham alguma aptidão para oficinas de lógica e programação, a fim de que desenvolvam suas habilidades para participações futuras na olimpíada.

 

Disseminação de conhecimentos sobre prototipagem 3D

Coordenador: Airton Bortoluzzi

Resumo: O mercado mundial de impressão 3D deve crescer mais de 20 % nos próximos cinco anos. Deste modo, o presente projeto visa promover o conhecimento regional sobre o emprego de impressoras 3D através de apresentações, palestras, minicursos, desenvolvimento de projetos e materiais didáticos junto à comunidade acadêmica e alunos do ensino médio do município. Como resultado, espera-se despertar o interesse da comunidade por este tema em progresso de modo que utilizem as possibilidades de aplicação da prototipagem rápida em diversos ramos de atividade na região. Ainda, pretende-se que a equipe de execução adquira familiaridade o suficiente para desenvolver uma impressora 3D com maior capacidade de uso que a adquirida para este projeto de extensão.

 

Internet e Redes Sociais para Comunidade e Terceira Idade

Coordenadora: Gema Agliardi

Resumo: O Projeto busca proporcionar a inclusão digital, atualização e a sociabilidade para as pessoas da comunidade e da terceira idade, trabalhando com o uso da internet e das redes sociais. Dentre os principais assuntos a serem abordados no projeto estão: Promover a aproximação dos participantes com o computador, integrando-os com a sociedade, através da informática e seus recursos (navegadores, e-mails, blogs e redes sociais), capacitando-os a utilizar os computadores no seu dia-a-dia; Levar o grupo a conhecer a Internet como fonte de pesquisa e curiosidades; Valorizar a participação do grupo nas trocas e relações promovidas pelos encontros, durante o aprendizado de informática, possibilitando a oportunidade de manter contatos com outras pessoas, mesmo que de maneira virtual, buscando ampliar seus horizontes e expectativas e trocar correspondências eletrônicas e utilizar recursos de comunicação instantânea.

 

Divulgando o Campus Erechim/IFRS 2018

Coordenadora: Noemi dos Santos

Resumo: Este projeto tem o objetivo de divulgar o IFRS/Campus Erechim, como instituição de ensino, pesquisa e extensão, através de ações que envolvam escolas municipais e estaduais do município de Erechim e da região do Alto Uruguai,bem como a comunidade em geral. As ações incluem visitas a escolas, entidades representativas de indústria, comércio e serviços, prefeituras, e a organização de uma agenda para a visitação ao IFRS/Campus Erechim.

 

IV Desafio de Moda

Coordenadora: Patrícia Weber

Resumo: A proposta de realização do ‘Desafio da Moda’ visa fomentar o espírito empreendedor, criatividade e habilidades na solução de problemas práticos enfrentados no cotidiano das indústrias de confecção, isto através da reprodução/simulação de situações problema enfrentadas cotidianamente pelas indústrias. As equipes participantes serão compostas por 03 integrantes e receberão uma situação problema para a qual deverão ao final de cada etapa apresentar uma solução viável. A atividade é desenvolvida em duas etapas, sendo a primeira eliminatória e a segunda classificatória, onde será conhecida e equipe que apresentou a melhor solução para a proposta. Uma comissão avaliadora será formada para avaliação de ambas as etapas. Com o intuito de contribuir ainda mais para a capacitação dos profissionais que estão/estarão atuando na área de moda e vestuário, além do desafio de resolver problemas similares ao reais de forma prática, também serão oferecidas oficinas de qualificação sobre temáticas como novos modelos de negócio e empreendedorismo.

 

 

 

Projetos de anos anteriores:

 

Fim do conteúdo