Pular para o conteúdo
Logo do IF

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul

Início da navegação
IFRSMarca do Instituto Federal do Rio Grande do Sul
 Esconder/Mostrar Menu Fim da navegação
Início do conteúdo

Direção geral entrega novo estacionamento ao IFRS Campus Caxias do Sul



O Instituto Federal do Rio Grande do Sul Campus Caxias não para de crescer. A cada ano temos mais alunos e, com essa realidade em perspectiva, ficou claro o desafio que os gestores do campus teriam para o futuro. “Quanto maior a demanda, maior a responsabilidade da gestão em atendê-las com qualidade e eficiência” frisou Juliano Cantarelli Toniolo, Diretor-geral do IFRS campus Caxias Sul.

Uma das prioridades destacadas pela Comissão Própria de Avaliação Institucional (CPA) em 2017, através do Programa de Avaliação Institucional do IFRS, era a reformulação do estacionamento da instituição. Para isso, obras de infraestrutura seriam necessárias para atender a crescente demanda por parte de alunos, servidores, visitantes e fornecedores. Pensando nisso, a direção-geral do campus criou um plano estratégico contingencial que levou em consideração a previsão de aumento da população acadêmica prevista para os anos de 2017 e 2018. O implemento no número de vagas foi alavancado pela criação de três novos cursos de graduação e pela ampliação significativa do número de alunos matriculados nos cursos técnicos integrados ao ensino médio.

 A partir da identificação da demanda, o grande obstáculo que se apresentou, recorrente no setor público, foi ter verba disponível para atendê-la. Então, entrou em cena o planejamento estratégico de infraestrutura, com ênfase no desenvolvimento sustentável, que é peça chave para o sucesso de qualquer empreendimento. Em dezembro 2017, o diretor administrativo do IFRS Campus Caxias do Sul, Rodrigo Dullius identificou ata de pregão de pavimentação promovido pela UFRGS. Em seguida, usando de um recurso comum na administração pública, encaminhou um processo de adesão à licitação por meio de carona. Desse modo, uma instituição pública pode aderir a um pregão vigente para comprar itens ou serviços de que necessita. Basta apenas que a empresa ganhadora do pregão original tenha estoque e mão de obra suficiente para fornecer o serviço na qualidade e preços acertados para as duas entidades interessadas.  A adesão foi aceita. 

A direção do campus, enquanto aguardava a liberação de verba específica que viria do processo de licitação por carona, fez tudo ao seu alcance para que a obra pudesse ter andamento. Os gestores entenderam rapidamente que as ações não apenas deveriam levar em conta a disponibilidade de verba orçamentária, como também a possibilidade de parcerias. Assim, a direção resolveu investir em parcerias interinstitucionais, buscando ajuda local junto à Prefeitura Municipal de Caxias do Sul que, por sua vez, os aproximou da Secretaria Municipal de Obras. Desse encontro institucional resultou a solução para a primeira etapa da obra, aliás, uma das mais caras do serviço, que é a preparação da cancha de assentamento. Nessa parceria, o município forneceu a terraplenagem e o cascalhamento, deixando o espaço do futuro estacionamento em condições para receber a pavimentação. Ainda, durante a implantação do estacionamento do IFRS Campus Caxias do Sul, outras obras de infraestrutura complementares foram realizadas.

 Por exemplo, o pórtico de acesso principal foi reformado; os portões eletrônicos foram reposicionados, para melhor segurança do usuário e da equipe de vigilância; um estacionamento para visitantes, com dez vagas, foi criado na margem direita da entrada principal do campus; e, além disso, na fase inicial da obra do estacionamento, foram instalados meios-fios (num total de 2400 metros de meio-fio) e calhas de coleta de chuva (150 metros de calhas de concreto para coleta de chuva), itens que foram obtidos com recursos próprios, com dinheiro oriundo do orçamento do campus. Essas obras complementares permitiram o bom escoamento pluvial e serviram para orientar a futura sinalização do estacionamento, demarcando espaços de trânsito mais confortável aos pedestres.      

O novo estacionamento moveu recursos materiais e humanos.  Entre as pessoas que participaram da preparação desta obra esteve a equipe de pregoeiros, composta por Vinícius Rafael Machado e Ricardo Pretto. Eles prepararam o processo de adesão de licitação por meio de carona. A colaboração deles foi crucial, principalmente para adiantar o processo para a próxima fase, a construção do novo estacionamento.   Nessa etapa entram novos atores, pertencentes à coordenadoria de infraestrutura, com destaque para o servidor Simão Mendes de Moraes. Ele orientou os usuários, definiu e instalou os pontos internos de sinalização de trânsito, demarcou os espaços de estacionamento, criou o fluxo que os veículos deveriam percorrer nas vias do estacionamento e, ainda, fiscalizou e orientou as empresas contratadas para a execução da obra. Esse trabalho de supervisão não só respeitou parâmetros de qualidade, como também garantiu a execução de acordo com requisitos técnicos e legais. Sabemos o quanto é importante essa função, especialmente dentro do serviço público. Finalmente, o estacionamento do IFRS ficou dimensionado para receber até 250 veículos. Isso nos deixou certos de que esta é mais uma obra valorosa para toda a comunidade acadêmica.

 

 

Fotos e reportagem: Luciano Cardoso  Edição e revisão: Demirse Ruffato Entrevistados: Simão Moraes, Vinícius Rafael Machado, Ricardo Pretto, Juliano Cantarelli Toniolo e Rodrigo Dullius.

Fim do conteúdo
Início do rodapé Fim do rodapé