Início do conteúdo

Ações de Extensão


A Política de Extensão do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) tem a finalidade de orientar o desenvolvimento da Extensão no âmbito da Instituição e suas ações junto às comunidades de abrangência, em consonância com a legislação vigente para a Educação Profissional, Científica e Tecnológica. Assim, o IFRS, por meio da Política de Extensão, objetiva:
I – promover o desenvolvimento de atividades extensionistas de acordo com os princípios e finalidades da Educação Profissional, Científica e Tecnológica, em articulação com o mundo do trabalho e os segmentos sociais;
II – promover uma inserção qualificada das ações de extensão nos cursos da Instituição, numa perspectiva interdisciplinar e indissociável das atividades de ensino e pesquisa;
III – estimular e apoiar processos educativos que levem à geração de trabalho e renda e à emancipação do cidadão na perspectiva do desenvolvimento socioeconômico sustentável, local e regional;
IV – propiciar a participação institucional em ações sociais que priorizem a superação da desigualdade e a melhoria da qualidade de vida, no âmbito das ações afirmativas;
V – incentivar o desenvolvimento de programações científicas, artístico-culturais, sociais e esportivas, envolvendo os estudantes, servidores e a sociedade;
VI – promover a transferência de tecnologias sociais, notadamente àquelas voltadas à preservação do meio ambiente;
VII – apoiar a produção cultural, o empreendedorismo e o cooperativismo;
VIII – estimular ações de extensão vinculadas ao desenvolvimento sustentável e às ações afirmativas;
IX – intensificar as relações com instituições públicas, privadas e organizações sociais para a realização de parcerias nacionais e internacionais; e,
X – estabelecer estratégias institucionais para assegurar o atendimento às dimensões da extensão, às suas diretrizes e à implementação de políticas públicas. 
Para que a Política de Extensão se concretize, o IFRS define as seguintes áreas de atuação da extensão no âmbito das comunidades de abrangência do IFRS, devendo atender por meio das seguintes ações:
I – o desenvolvimento tecnológico;
II – as ações sociais;
III – o estágio e o emprego;
IV – os cursos de extensão;
V – as ações culturais, artísticas, científicas, tecnológicas e esportivas;
VI – as visitas gerenciais;
VII – o empreendedorismo e associativismo; e,
VIII – o acompanhamento de egressos. 
No link https://sites.google.com/a/ifrs.edu.br/observatorio/ podem ser encontrados os indicadores das ações de extensão de todos os Campis do IFRS.
Fim do conteúdo