Início do conteúdo

Saúde Mental na Escola


A Coordenação de Assistência Estudantil (CAE) promove ações voltadas à promoção de saúde mental e melhoria da qualidade de vida da comunidade acadêmica, e tem como objetivo dar suporte a esse público em suas demandas relacionadas aos desafios da vida escolar, buscando contribuir para a boa qualidade de vida no IFRS.

O que é Saúde Mental?

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, Saúde Mental é um estado de bem-estar no qual o indivíduo é capaz de usar suas próprias habilidades, recuperar-se do estresse rotineiro, ser produtivo e contribuir com sua comunidade.

Conheça um pouco sobre situações que comprometem a Saúde Mental:

Ansiedade:

A ansiedade é um estado que tem aspectos psicológicos (apreensão, irritabilidade e hipervigilância) além de aspectos físicos (fadiga, tensão muscular, taquicardia, sudorese, dor de cabeça e dores lombares). Quando exagerada e patológica é classificada com transtorno de ansiedade.

Pode-se considerar a ansiedade como doença quando o indivíduo sente uma aflição descontrolada independentemente dos eventos reais.

Depressão:

Distúrbio cerebral caracterizado por depressão persistente ou perda de interesse em atividades, causando prejuízos significativos na vida diária. As causas possíveis incluem uma combinação de fontes biológicas, psicológicas e sociais.

A sensação persistente de tristeza ou perda de interesse que caracteriza a depressão pode levar a uma variedade de sintomas físicos e comportamentais. Estes podem incluir alterações no sono e apetite, baixa autoestima, nível diminuído de energia e concentração.

A depressão também pode ser associada a pensamentos suicidas.

Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC):

Caracterizado por pensamentos e medos irracionais (obsessões) que levam a comportamentos compulsivos. O TOC costuma se concentrar em temas como obsessão por limpeza e/ou organização.

Entre os sintomas destacam-se: comportamento compulsivo e ritualístico, movimentos repetitivos, repetição persistente de palavras ou ações, acumulação compulsiva, agitação, hiperatividade, hipervigilância, impulsividade, isolamento social.

Síndrome de Burnout:

Síndrome multidimensional caracterizada por exaustão emocional e reduzida realização pessoal no trabalho. É uma das consequências da vida moderna: um estado de tensão emocional e estresse crônico provocado por condições de trabalho desgastantes.

Pessoas com síndrome apresentam sintomas como fadiga, cansaço constante, distúrbios do sono, dores musculares e de cabeça, irritabilidade, alterações de humor e de memória, dificuldade de concentração, falta de apetite, depressão e perda de iniciativa.

“Para diagnóstico e tratamento adequados procure um profissional qualificado!”

Suicídio:

O suicídio é uma das causas de mortes mais comuns em todo o mundo e é considerado um problema de saúde pública. É um fenômeno complexo, com causas variadas. As histórias de vida individuais, a forma com cada um lida com o sofrimento e a influência do ambiente social em que a pessoa está inserida podem levar a maiores ou menores chances de suicídio.

A depressão é a patologia que mais há correlação com o suicídio.

Sinais de alerta:

Frases de alarme (“não aguento mais”, “eu queria sumir”, “eu quero morrer”).
Mudanças inesperadas (perda de emprego, perda de um ente querido).
Depressão.
Dependência química.
Perda de interesse na vida.
Mudança drástica de humor.

Última atualização em 20/02/2020

Fim do conteúdo