Início do conteúdo

Ministério da Ciência e Embaixada dos EUA condecoram estudantes premiados na Intel Isef


O IFRS esteve representado no grupo de seis estudantes e cinco professores brasileiros que receberam um reconhecimento da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil e do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), em Brasília. O grupo foi composto pelos jovens premiados na edição 2019 da maior feira de ciências pré-universitária do mundo, a Intel International Science and Engineering Fair (Isef), e seus orientadores. A egressa do IFRS Juliana Davoglio Estradioto, que conquistou o 1º lugar na área de Ciência dos Materiais, e a docente orientadora, Flávia Twardowski, do Campus Osório do IFRS, integraram a equipe. A iniciativa foi da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil.

No dia 3 de julho, o grupo esteve no MCTIC, onde cada um apresentou seu projeto ao ministro, Marcos Pontes, e ao embaixador dos EUA no Brasil, Wiliam Popp. Juliana falou ainda em nome da equipe de estudantes, aproveitando para destacar a importância da ciência na educação básica. Ela contou o quanto a pesquisa mudou a sua vida, destacou os prêmios recebidos com o projeto e ressaltou sua felicidade em ter seu nome em um asteroide. O ministro brincou com o fato de também ter um asteroide com seu nome.

Flávia foi escolhida como porta-voz dos professores e frisou o quanto a ciência é transformadora para estudantes e educadores, salientando a importância da realização das feiras científicas. A docente participou da Intel Isef por cinco vezes, levando sete projetos. “Em todas as oportunidades, o IFRS conquistou reconhecimentos. Isso é importante para mostrar ao mundo que o Brasil também faz ciência de qualidade na educação básica.”

O ministro destacou a função da ciência e da tecnologia como impulsionadoras do desenvolvimento econômico e social e capazes de promover a inclusão. “Temos problemas que são comuns às pessoas e só vamos conseguir resolvê-los utilizando conhecimento, ciência, tecnologia. Vocês são protagonistas dessa história”, declarou.

À noite, participaram da festa em comemoração ao Dia da Independência dos Estados Unidos (4 de julho), na Embaixada dos Estados Unidos. A solenidade contou com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro, e de outras autoridades políticas e militares.

No dia 4 de julho, o grupo teve reunião com o presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática da Câmara dos Deputados, deputado Félix Mendonça Júnior. O parlamentar afirmou que pretende propor uma audiência pública em Brasília, com a presença dos demais deputados federais, para que os estudantes possam contar as suas realizações e estimular mais ações em benefício da ciência e tecnologia jovem. O grupo ainda conheceu as plenárias do Senado e da Câmara dos Deputados.

 

Texto: Reitoria do IFRS

Fim do conteúdo