Início do conteúdo

Ações de Ensino


  • Formulário de Inscrição para bolsas de Projetos de Ensino (Edital IFRS nº 18/2019 – PIBEN 2019): Clique aqui

 

PROJETOS DE ENSINO – PIBEN 2019

 

Título: Estruturação de material didático para o laboratório de ensino de Física

Coordenador: Adriano Braga Barreto (adriano.barreto@caxias.ifrs.edu.br)

Resumo:

Neste projeto pretende-se otimizar os espaços do laboratório de Física a partir da formação de um grupo de estruturação de material didático, que fará o levantamento bibliográfico e de materiais disponíveis para adaptação e reformulação. A partir deste levantamento, pretende-se elaborar novos roteiros e construir equipamentos para atividades práticas a serem realizadas no laboratório de física, nas aulas regulares dos cursos oferecidos pelo IFRS, campus Caxias do Sul. Além de auxiliar os docentes na elaboração, construção e aplicação das atividades práticas em aula, os bolsistas serão orientados para desenvolver projetos a serem apresentados na Mostra IFTec, nas áreas específicas de mecânica, termologia, ótica e ondas e eletromagnetismo. Este projeto atenderá a necessidade pedagógica da realização de atividades que facilitem o processo de aprendizagem dos alunos, estabelecendo a relação entre o teórico e o experimental.

Título: Monitoria em sala de aula na educação de jovens e adultos

Coordenador: Cesar Bublitz (cesar.bublitz@caxias.ifrs.edu.br)

Resumo:

O projeto visa atender alunos matriculados no Curso Técnico em Administração Integrado ao Ensino Médio na modalidade PROEJA (Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica na Modalidade de Jovens e Adultos) do IFRS – Campus Caxias do Sul, criando a possibilidade de o aluno ampliar o seu conhecimento em conceitos matemáticos, de forma que o mesmo esteja melhor preparado para continuar e concluir o curso. Para tanto, será selecionado um estudante bolsista do curso de Licenciatura em Matemática, o qual auxiliará o professor da disciplina de matemática nos encontros semanais. Além disso, o bolsista pesquisará metodologias de ensino e desenvolverá materiais pedagógicos que possam auxiliar na aprendizagem desses alunos quando necessário.

Título: Programa de ações de ensino voltadas para o Plano Estratégico de Permanência e Êxito dos Eaudanea do IFRS -Campus Caxias do Sul.

Coordenador Eder Silva de Oliveira (eder.oliveira@caxias.ifrs.edu.br)

Resumo:

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS), em consonância com o contexto de sua criação e comprometido com a concepção de Educação Profissional e Tecnológica que a justifica, preocupa-se em desenvolver práticas que objetivam, além do acesso, a permanência e o êxito dos estudantes. Nesse sentido, o IFRS instituiu a Comissão Interna para Acompanhamento das Ações de Permanência e Êxito dos Estudantes (CIAAPE), no âmbito sistêmico, com grupos de trabalho em cada campus. No Campus Caxias do Sul, pretende-se por este programa de ensino, colaborar com trabalho da CIAAPE, através de diferentes abordagens: ( i ) diagnóstico quantitativo e qualitativo da retenção e a evasão nos cursos ofertados de nível médio, técnico subsequente e superior, especialmente no curso modalidade PROEJA; (ii) acompanhamento continuado e análise do desempenho dos alunos em progressão parcial e (iii) organização e execução da formação pedagógica continuada dos docentes do campus, visando a qualificação do corpo docente quanto a este tema. Os indicadores de permanência êxito podem ser usados pela gestão de CIAAPE na proposição e implementação de medidas com vistas a influenciar positivamente no sucesso escolar dos discentes. Serão realizadas pesquisas em bases de dados institucionais, como o SISTEC (MEC) e o Sistema de Informações Acadêmico (SAI – IFRS), e nos relatórios anuais de avaliação institucional conduzidos pela Comissão Própria de Avaliação (CPA/IFRS). Os indicadores qualitativos serão classificados como fatores individuais dos estudantes, fatores internos à instituição, ou fatores externos à instituição, a fim de melhor reconhecer as ações de intervenção que podem ser adotadas. Também, pretende-se identificar as ações já executadas pelo campus e cuja contribuição para o êxito dos estudantes for reconhecida ao longo desse processo.

Título: Monitoria Acadêmica: Ampliando vínculos

Coordenador: Eder Silva de Oliveira (eder.oliveira@caxias.ifrs.edu.br)

Resumo:

Temos observado ao longo dos anos que as disciplinas em que os estudantes, tanto no Ensino Médio quanto no Ensino Superior do IFRS – Campus Caxias do Sul apresentam maior dificuldade são as das áreas da Química, Física e Matemática. Todos os professores da Instituição disponibilizam horário de atendimento aos estudantes para esclarecimento de dúvidas, mas a monitoria acadêmica se apresenta como mais uma oportunidade de atendimento, com horários diversificados. Monitores acadêmicos podem, sob supervisão dos orientadores, produzir matérias concretos e de aula prática, contribuindo para aprendizagem dos estudantes, além de participar de aulas práticas e de resolução de exercícios com grupos de estudos. Este projeto de monitoria acadêmica objetiva proporcionar aos estudantes monitores (bolsistas) o desenvolvimento da autonomia, responsabilidade, busca por diferentes estratégias de ensino e de aprendizagem e a possibilidade de maior interação com professores e alunos, como uma forma de iniciação a docência, em especial para os estudantes do curso de Licenciatura em Matemática. Cada estudante será acompanhado por um ou mais professores orientadores. Além disso, cada monitor deverá apresentar controle dos atendimentos realizados aos estudantes e relatório de freqüência baseado nas atividades que realizar mensalmente.

Título: ELAS na ciência: Tecnologia e Engenharia

Coordenadora: Fabiana da Silva (fabiana.silva@caxias.ifrs.edu.br)

Resumo:

A primeira mulher do mundo a ganhar um prêmio Nobel. É assim que começa a maioria das biografias sobre Marie Curie, que em uma época onde apenas os homens iam a universidade descobriu um elemento químico e iniciou uma verdadeira revolução no meio científico. A primeira mulher a obter o título de doutora pela Sourbonne, Mãe, mulher, cientista! Marie Curie é inspiração para todas as meninas e mulheres que atuam ou que sonham atuar nas áreas de ciência, tecnologia e engenharia. Este projeto tem por objetivo resgatar o legado da figura feminina ícone da ciência e, a partir dele, pensar, propor e executar ações inspiradoras e de incentivo a participação e retenção de meninas e mulheres nas áreas de tecnologia e engenharia. Para isso serão executadas ações de ensino (atividades didáticopedagógicas nos laboratórios de metalurgia, encontros, debates, palestras, visitas técnicas, dentre outras) no Campus Caxias do Sul, em parceria com a UFRGS, em Porto Alegre e uma escola de ensino Fundamental de Bento Gonçalves.

Título: Lixo no campus Caxias do Sul: conscientização para o descarte adequado.

Coordenadora: Fernanda Regina Bresciani (fernanda.bresciani@caxias.ifrs.edu.br)

Resumo:

Cada vez mais tem sido retratado na mídia a necessidade de conscientização da população com relação a necessidade de redução do consumo de plástico no mundo e do descarte correto de resíduos recicláveis. O município de Caxias do Sul tem se destacado como uma cidade modelo em relação ao sistema de coleta e destinação do lixo, encaminhando os resíduos seletivos para associações de reciclagem. No entanto, no IFRS-campus Caxias do Sul ainda observamos o descarte incorreto de resíduos por toda a comunidade acadêmica. Dessa forma, é urgente que sejam desenvolvidas ações de conscientização dos estudantes e servidores a fim de promover a mudança de atitude e a formação de multiplicadores de informação. Para isso, pretendemos identificar as lixeiras do campus adequadamente e organizar a distribuição das mesmas a fim de contemplar todos os ambientes com pelo menos duas lixeiras (uma para resíduos orgânicos e outra para resíduos seletivos); produzir material de divulgação de informação à comunidade acadêmica; capacitar os servidores terceirizados de limpeza, para que atuem como cooperadores do projeto e promover “blitz do descarte” no horário de intervalo para conscientização dos estudantes. Esperamos que a partir dessas ações os próprios estudantes e servidores passem a observar e corrigir uns aos outros, tornando-se multiplicadores de informação, valores e atitudes em todos os seus espaços de convívio.

Título: Xadrez: educando saberes

Coordenadora: Heloísa Santini (heloisa.santini@caxias.ifrs.edu.br)

Resumo:

Essa modalidade está sendo realizada em muitas escolas. O Xadrez estimula o desenvolvimento de habilidades, como raciocínio lógico, tomada de decisão, compreensão e solução de problemas pela análise do contexto geral. Favorece a autoconfiança na tomada de decisões. O IFRS Campus Caxias do Sul, em parceria com o IFRS Campus Farroupilha promove o fomento do Xadrez. As atividades serão realizadas uma vez por semana, com duração de uma hora e trinta minutos. Este projeto tem por objetivo proporcionar aos participantes, o aprendizado e/ou aperfeiçoamento do Xadrez, que é um fantástico esporte, ciência, cultura e arte, buscando prepará-los para enfrentar a vida com muito mais técnica, astúcia, respeito, caráter, tenacidade, assim como contribuir para a tomada de decisões em diversos contextos de vida e o desenvolvimento de saberes: saber, saber fazer, saber ser, saber conviver.

Título: O Laboratório de Matemática como espaço de aprendizagem

Coordenadora: Kelen Berra de Mello (kelen.mello@caxias.ifrs.edu.br)

Resumo:

O Laboratório de Matemática é um espaço que permite aos alunos a tomarem uma atitude investigativa em relação ao conteúdo de matemática. Para que isso aconteça, é necessário que neste espaço tenha materiais disponíveis, bem como, que os professores conheçam as potencialidades de cada material. Neste sentido se faz necessário que este Laboratório de Matemática seja organizado e que seja disponibilizado roteiros de aplicação. Assim sendo, este projeto tem como objetivo organizar este espaço, criar roteiros de cada material existente nele, além de disponibilizá-los para que a comunidade escolar tenha acesso. Além disso, o bolsista que participará do projeto terá uma formação mais qualificada visto que terá contato com diferentes materiais pedagógicos, além de poder criar materiais para qualificar cada vez mais este espaço pedagógico do curso de Licenciatura em Matemática.

Título: Clube de Robótica IFRS Caxias

Coordenador: Leonardo Poloni (leonardo.poloni@caxias.ifrs.edu.br)

Resumo:

O presente projeto tem por objetivo montar um clube de robótica no IFRS Campus Caxias do Sul. O projeto visa congregar alunos interessados em projetos de robótica e automação, envolvendo conhecimentos relacionados ao ensino de ciência, tecnologia, engenharia e matemática (STEM). A expectativa em torno da proposta é potencializar a aprendizagem de conteúdos curriculares do Ensino Médio Integrado por meio do desenvolvimento de habilidades relacionadas ao letramento digital e ao pensamento computacional. Entre as ações pretendidas está o desenvolvimento de projetos a partir de modelos disponíveis publicamente e o desenvolvimento de projetos próprios. Os estudantes serão estimulados a desenvolver pesquisas buscando implementar possíveis soluções a problemas do cotidiano, que envolvam questões ambientais, e/ou relacionadas ao curso, ou sociais, especialmente voltadas à inclusão e acessibilidade.  O projeto também visa criar um grupo de alunos aptos a representarem a instituição em eventos e competições. Ao manipularem, projetarem e montarem os dispositivos, os estudantes precisam mobilizar conhecimentos matemáticos, físicos e tecnológicos, o que pode contribuir para potencializar sua aprendizagem. Entende-se que a proposta do Clube de Robótica possibilita a articulação entre conhecimentos tecnológicos e curriculares, potencializando a aprendizagem dos conteúdos escolares.

Título: Filosofia e Games

Coordenadora: Lionara Fusari (lionara.fusari@caxias.ifrs.edu.br)

Resumo:

Os jogos eletrônicos (games) são parte integrante da vida de boa parte de estudantes e os mesmos jogos podem tornar-se instrumento de investigação e aprendizado de conceitos e categorias filosóficas. A promoção de uma percepção crítica a respeito de conceitos filosóficos pode ser facilmente estimulada por meio da análise de como um jogo é estruturado e também a respeito de como e quais conceitos estão sendo propagados. Ao mesmo tempo em que o jogo é colocado em prática, ele passa a ser fonte de reflexões que conduzem o estudante a possíveis pesquisas e aprendizados teórico-práticos.

 

Fim do conteúdo