Pular para o conteúdo

Instituto Federal do Rio Grande do Sul

Instituto Federal do Rio Grande do Sul
Início da navegação
Nossos CampiMapa do Rio Grande do Sul com marcações nas cidades onde o IFRS está presente.
 Esconder/Mostrar Menu Fim da navegação
Início do conteúdo

Institutos Federais completam nove anos de atuação


Criados em 29 de dezembro de 2008, os Institutos de Educação, Ciência e Tecnologia (IFs) trouxeram para a comunidade brasileira uma proposta de formação profissional inovadora, com atuação nas capitais e no interior do país. Nesta sexta-feira, 29 de dezembro de 2017, os institutos completam nove anos e, em meio a desafios e cortes orçamentários, mantêm os indicadores de qualidade positivos, cumprem metas de inclusão e se empenham para alcançar resultados melhores.

 

O IFRS

No IFRS, estes nove anos são marcados por inúmeras conquistas, como a expansão no número de campi, hoje somando 17, além da abertura de novos cursos anualmente, nos níveis técnico, superior e de pós-graduação, o que inclui especializações e mestrados. Registramos também a ampliação no número de vagas para discentes e também o aumento no quadro de servidores. O IFRS oferece ainda cursos a distância (EaD) e de Formação Inicial Continuada (FIC).

Conta com os seguintes campi: Alvorada, Bento Gonçalves, Canoas, Caxias do Sul, Erechim, Farroupilha, Feliz, Ibirubá, Osório, Porto Alegre, Restinga (Porto Alegre), Rio Grande, Rolante, Sertão, Vacaria, Veranópolis e Viamão. A Reitoria localiza-se em Bento Gonçalves.

Em sua criação, o IFRS se estruturou a partir da união de três autarquias federais: o Centro Federal de Educação Tecnológica (Cefet) de Bento Gonçalves, a Escola Agrotécnica Federal de Sertão e a Escola Técnica Federal de Canoas. Logo após, incorporaram-se ao instituto dois estabelecimentos vinculados a Universidades Federais: a Escola Técnica Federal da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) e o Colégio Técnico Industrial Prof. Mário Alquati, de Rio Grande. No decorrer do processo, foram federalizadas unidades de ensino técnico nos municípios de Farroupilha, Feliz e Ibirubá e criados novos campi, nominados acima.

Inserção Regional

Um dos objetivos dos institutos federais é definir políticas que atentem para as necessidades e as demandas regionais. Nesse sentido, o IFRS apresenta uma das características mais significativas que enriquecem a sua ação: a diversidade. Os campi atuam em áreas distintas como agropecuária, de serviços, área industrial, vitivinicultura, turismo e outras.

Leia também a matéria comemorativa publicada pelo Conif.

 

Fim do conteúdo
Início do rodapé Fim do rodapé