Início do conteúdo

Comissão Interna de Supervisão (CIS-Central)


CONTATO: cis.central@ifrs.edu.br

De acordo com a Lei 11.091, Art. 22. § 3º – Cada Instituição Federal de Ensino deverá ter uma Comissão Interna de Supervisão do Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos em Educação (CIS), composta por servidores integrantes do Plano de Carreira, com a finalidade de acompanhar, orientar, fiscalizar e avaliar a sua implementação no âmbito da respectiva Instituição Federal de Ensino e propor à Comissão Nacional de Supervisão as alterações necessárias para seu aprimoramento.

COMPOSIÇÃO: Portaria nº 2516, de 29/11/2016 CIS-CENTRAL

– Edvaldo Faour Coutinho da Silva,  Campus Ibirubá – Coordenador;

– Willian Miranda Rustick,  Reitoria – Coordenador Adjunto;

– Magali Inês Pessiani, Campus Caxias do Sul – Secretária;

– Justina Bechi Robaski, Campus Alvorada;

– Leonardo Alvarenga Pereira, Campus Bento Gonçalves;

– Jair Bruschi Junior, Campus Canoas;

– Elisandra Aparecida Palaro, Campus Erechim;

– Sandro Lazari, Campus Farroupilha;

– Camila de Azevedo Moura, Campus Feliz;

– Eder José Morari, Campus Osório;

– Adriana de Farias Ramos, Campus Porto Alegre;

– Pedro Sergio Mendes Leite, Campus Restinga;

– Fabio Rios Kwecko, Campus Rio Grande;

– Luciana Lopes de Freitas, Campus Rolante;

– Viviane Cevero da Silva, Campus Sertão;

– Rafhael Rodrigues Cunha, Campus Vacaria;

– Ademilson Marcos Tonin, Campus Veranópolis;

– Luciane Alves Santini, Campus Viamão.

COMPETÊNCIA

De acordo com o art. 5º da Portaria nº 2.519, de 15 de julho de 2005, a Comissão Interna de Supervisão da Carreira dos Cargos Técnico-administrativos em Educação (CIS) tem as seguintes atribuições:

a) acompanhar a implantação do plano de carreira em todas as suas etapas, bem como o trabalho da Comissão de Enquadramento;

b) orientar a área de pessoal, bem como os servidores, quanto ao plano de carreira dos cargos técnico-administrativos em educação;

c) fiscalizar e avaliar a implementação do plano de carreira no âmbito da respectiva instituição federal de ensino;

d) propor à Comissão Nacional de Supervisão as alterações necessárias para o aprimoramento do plano;

e) apresentar propostas e fiscalizar a elaboração e a execução do plano de desenvolvimento de pessoal da instituição federal de ensino e seus programas de capacitação, de avaliação e de dimensionamento das necessidades de pessoal e modelo de alocação de vagas;

f) avaliar, anualmente, as propostas de lotação da instituição federal de ensino, conforme o inciso I do § 1º do art. 24 da Lei nº 11.091, de 12 de janeiro de 2005;

g) acompanhar o processo de identificação dos ambientes organizacionais da IFE proposto pela área de pessoal, bem como os cargos que os integram;

h) examinar os casos omissos referentes ao plano de carreira e encaminhá-los à Comissão Nacional de Supervisão.

LEGISLAÇÃO

Portaria do MEC nº 2.519, de 15 de julho de 2005 – Institui a Comissão Interna de Supervisão do Plano de Carreira dos Cargos Técnico-administrativos em Educação

Portaria do MEC nº 2.562, de 21 de julho de 2005 – Dá nova redação aos artigos 2º, 3º e 5º da Portaria nº 2.519

Regimento da CIS

 

 

 

Fim do conteúdo